Integrado TELE 4ª Fase

De MediaWiki do Campus São José
Ir para: navegação, pesquisa
Matriz Curricular   1ªFase   2ªFase   3ªFase   4ªFase   5ªFase   6ªFase   7ªFase   8ªFase    


MTM60804 - Matemática 4ª fase

Dados da disciplina
CARGA HORÁRIA: 2 HORAS/SEMANA 40 HORAS. TEÓRICA = 40 HORAS. LABORATÓRIO = 0 HORAS
PRÉ REQUISITOS: Não
Ementa
  • Números complexos;
  • Progressões.
Bases Tecnológicas
1.Números complexos:
  • Introdução.
  • Forma algébrica.
  • Plano de Argand-Gauss (Afixo, Módulo e Argumento)
  • Forma trigonométrica.
  • Operações na forma trigonométrica (Multiplicação, Divisão, Potenciação e Radiciação)
  • Forma Exponencial
2.Progressões
  • Sequencia ou sucessão;
  • Progressão Aritmética;
  • Progressão Geométrica.

Bibliografia

Bibliografia Básica
  1. IEZZI,G., DOLCE,O.,DEGENSZAJN,D., PÉRIGO,R., ALMEIDA,N. Matemática . Ciência e Aplicações. 7ed. São Paulo: Editora Saraiva 2013.
Bibliografia Complementar (títulos, periódicos, etc.).
  1. BARRETO FILHO, B.. Matemática. São Paulo: Ed, FTD, 2000.
  2. BONJORNO, J. R. e GIOVANNI, J. R.. Matemática Completa. Volume 1,2 e 3 . 2ª edição renovada. São Paulo: FTD, 2005.
  3. FILHO, B. B. e Silva, C. X. da. Matemática Aula por aula. Volume 1,2 e 3. 1ª edição. São Paulo: FTD, 2003.
  4. DANTE, L. R.. Matemática. Contexto & Aplicações. Manual do Professor. São Paulo: Ed. Ática, 1999.
  5. GIOVANNI, J.R., BONJORNO, J.R. e GIOVANNI Jr.. Matemática Fundamental: Uma Nova Abordagem. São Paulo: FTD, 2002.
  6. SMOLE, K. S. e KIYUKAWA R.. Matemática. Ensino Médio. São Paulo: Ed. Saraiva 1998.
  7. BEZERRA, MANOEL JAIRO. Curso De Matemática, 26ª edição, São Paulo: Cia Ed. Nacional, 1970.
Plano de Ensino, Bibliografia e Cronograma de Atividades
VOLTAR

FSC60804 - Física 4ª fase

Dados da disciplina
CARGA HORÁRIA: 2 HORAS/SEMANA 40 HORAS. TEÓRICA = 40 HORAS. LABORATÓRIO = 0 HORAS
PRÉ REQUISITOS: Não
Ementa
  • Eletromagnetismo;
  • Ondas eletromagnéticas;
Conteúdo Programático
1. Eletromagnetismo
  • Ímãs
  • Origem do campo Materiais ferromagnéticos Linhas de campo
  • Campo magnético de um condutor reto
  • Campo de uma espira circular
  • Campo de uma bobina
  • Campo de um solenoide
  • Força magnética sobre uma carga movendo-se num campo
  • Força sobre uma corrente num condutor reto
  • Força entre condutores retos paralelos
  • Fluxo magnético
  • Força eletromotriz induzida
  • Lei de Lenz
  • Lei de Faraday-Neumann
  • Transformador
2. Ondas eletromagnéticas
  • Campos induzidos
  • Raio X
  • Rádio e televisão
  • Microondas

Bibliografia

Bibliografia Básica
  1. GASPAR, A. Física, volume único. Ática. São Paulo, 2005.
  2. GUIMARÃES, O., PIQUEIRA, J. R. C. E CARRON, W.. Física. Volume 1. Ed Ática. São Paulo, 2013.
  3. BONJORNO, J. R. Física. Volume 3. Ed FTD.
  4. PIETROCOLA, M. Física em contextos: pessoal, social e histórico: movimento, força, astronomia. Volume 1. FTD. São Paulo, 2011.
  5. SAMPAIO, J. L.; CALCADA, C.S. Física, volume único. 2. ed. São Paulo. Atual, 2005.
Bibliografia Complementar
  1. HEWITT, P.G. Física Conceitual. Bookman. Porto Alegre, 2002.
  2. WALKER, Jearl. O circo voador da Física. LTC. Rio de Janeiro, 2011.
  3. SOMOS. Sistema de Ensino. São Paulo, 2016.
Plano de Ensino, Bibliografia e Cronograma de Atividades
VOLTAR

QMC60804 - Química 4ª fase

Dados da disciplina
CARGA HORÁRIA: 2 HORAS/SEMANA 40 HORAS. TEÓRICA = 40 HORAS. LABORATÓRIO = 0 HORAS
PRÉ REQUISITOS: Não
Ementa
  • Termoquímica,
  • Eletroquímica,
  • Noções de cinética.
Bases Tecnológicas
  • Termoquímica:
    • reações químicas do cotidiano que liberam ou absorvem calor;
    • a primeira lei da termodinâmica; entalpia e variações de entalpia;
    • calorimetria;
    • cálculos de variações de entalpia usando Lei de Hess, energia de formação e energia de ligação.
  • Eletroquímica:
    • reações químicas do cotidiano que podem produzir corrente elétrica (conversão de energia química em elétrica) ou podem ser desencadeadas pela aplicação de corrente :**elétrica (conversão de energia elétrica em química);
    • definição e representação de reações de oxirredução;
    • NOX;
    • pilhas e baterias.
  • Cinética Química:
    • Conceitos;
    • Velocidade média de consumo e formação;
    • Velocidade média de Reação;
    • Gráficos;
    • Energia de Ativação;
    • Lei cinética.

Bibliografia

Bibliografia Básica
  1. MORTIMER, E. F.; MACHADO, A. H. Química: ensino médio. São Paulo, 2ª ed., Scipione, 2013, v. 1, 320 p. ISBN 978852629112-6
  2. BROWN, Theodore L; LEMAY, H. Eugene; BURSTEN, Bruce Edward. Chemistry: the central science. 9th ed. New Jersey: Pearson Education, 2003. XXXI,1045p. ISBN 0130669970.
Bibliografia Complementar (títulos, periódicos, etc.).
  1. ATKINS, P. W.; JONES, Loretta. Princípios de química: questionando a vida moderna e o meio ambiente. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, 2006. 965 p. ISBN 8536306688.
  2. RUSSELL, John Blair. Química geral. 2. ed. São Paulo: Pearson, c1994. 2 v. ISBN 9788534601924.
  3. MIESSLER, Gary L.; FISCHER, Paul J.; TARR, Donald A. Química inorgânica. 5. ed. São Paulo: Pearson, 2014. xiv, 649 p. ISBN 9788543000299.
Plano de Ensino, Bibliografia e Cronograma de Atividades
VOLTAR

PTG60804 - Português 4ª fase

Dados da disciplina
CARGA HORÁRIA: 2 HORAS/SEMANA 40 HORAS. TEÓRICA = 40 HORAS. LABORATÓRIO = 0 HORAS
PRÉ REQUISITOS: Não
Ementa
  • Habilidades de leitura, escrita, fala e escuta em diferentes instâncias sociais.
  • Revisão de ortografia e novo acordo ortográfico. .
  • Noções de sintaxe. Concordância verbal e nominal.
  • O conto. A crônica. Arcadismo (revisão) e Romantismo no Brasil.
COMPETÊNCIAS
  • Construção gradativa de saberes sobre os textos que circularam e circulam socialmente, relacionando-os às diferentes épocas que foram escritos na Língua Portuguesa, recorrendo a diferentes universos semióticos; identificando aspectos políticos e ideológicos, históricos e sociais, globais e locais, acadêmicos e científicos na linguagem;
  • Apreensão e utilização de conhecimentos da língua padrão na formulação de textos;
  • Ampliação contínua de saberes relativos à configuração, ao funcionamento e à circulação dos textos quanto ao desenvolvimento da capacidade de reflexão sistemática sobre a língua e a linguagem.

Bibliografia

Bibliografia Básica
  1. ANTUNES, Irandé. Muito além da gramática: por um ensino sem pedras no caminho. São Paulo. Parábola, 2007.
  2. BAGNO, Marcos. Pesquisa na escola: o que é, como se faz. São Paulo: Loyola, 2006.
  3. BORTONI-RICARDO, Stella Maris. Educação em língua materna: a sociolinguística na sala de aula. São Paulo: Parábola, 2004
  4. BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais. Linguagens, códigos e suas tecnologias. Brasília: Secretaria da Educação Básica. Ministério da Educação, 1996.
  5. CEREJA, William Roberto. Português: linguagens. Volume 2. Ensino médio. 5ª ed. São Paulo: Atual, 2005.
  6. CEREJA, William Roberto; MAGALHÃES, Thereza Cochar. Português: Linguagens. Volume 1. Ensino médio. 7ª ed. São Paulo: Saraiva, 2010.
  7. FERREIRA, Marina; ANTÔNIO, Severino; AMARAL, Emília; LEITE, Ricardo. NOVAS PALAVRAS: Português, Volume único. São Paulo: FTD, 2003.
  8. GONZAGA, Sergius. Manual de Literatura brasileira. 16ª ed. Porto Alegre: Mercado Aberto, 2001.
  9. GONZAGA, Tomás Antônio. Marília de Dirceu. São Paulo: Ediouro/Folha de São Paulo, 1997.
  10. GORSKI, Edair Maria; COELHO, Izete Lehmkuhl (Org.). Sociolinguística e ensino: contribuições para a formação do professor de língua. Florianópolis: Ed. UFSC, 2006.
  11. MEIRELLES, Cecília. Romanceiro da inconfidência. São Paulo: Nova Fronteira, 2005.
  12. OLIVIERI, Antônio Carlos; VILLA, Marco Antonio (Org.). Cronistas do Descobrimento. 3ª ed. São Paulo: Ática, 2008.
  13. SALINAS, Luiz. O iluminismo e os reis filósofos. São Paulo: Brasiliense, 1981. (Coleção Tudo é História, 22).
  14. CEREJA, William Roberto; MAGALHÃES, Thereza Cochar. Português: Linguagens. São Paulo: Atual, 2010.
  15. DICIONÁRIO HOUAISS DA LÍNGUA PORTUGUESA. Rio de Janeiro: Objetiva, 2009.
  16. TERRA, Ernani. Curso prático de gramática. São Paulo: Scipione, 2002.
  17. SACCONI, Luiz Antonio. Gramática para todos os cursos e concursos: teoria e prática. São Paulo: Editora Nova Geração, 2010.
Plano de Ensino, Bibliografia e Cronograma de Atividades
VOLTAR

BIO60804 - Biologia 4ª fase

Dados da disciplina
CARGA HORÁRIA: 2 HORAS/SEMANA 40 HORAS. TEÓRICA = 40 HORAS. LABORATÓRIO = 0 HORAS
PRÉ REQUISITOS: Não
EMENTA RESUMIDA
Genética Mendeliana, Teorias de EvoluçãoBiológica
COMPETÊNCIAS
Ao final do curso os alunos devem ser capazes de:
  • Reconhecer os tipos de herança genética, assim como, diferenciá-las;
  • Descrever as principais teorias evolucionistas.
BASES TECNOLÓGICAS
Genética
Evolução.

Bibliografia

BIBLIOGRAFIA BÁSICA
  1. .AMABIS, J.M. & MARTHO, G.R.Biologia: Biologia das células. Vol.2 3a edição. Editora Moderna. 2010. 496p.
  2. .LOPES, S. Bio. v. 1, 2 e 3. São Paulo: Saraiva, 2002
  3. .PAULINO, R.W. Biologia, Vol. 2, São Paulo, Ed. Ática, 2008.
BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR
  1. .SOARES, José Luís. Dicionário etimológico e circunstanciado de biologia. São Paulo, Ed.Scipione.
Plano de Ensino, Bibliografia e Cronograma de Atividades
VOLTAR

ING60804 - Inglês 4ª fase

Dados da disciplina
CARGA HORÁRIA: 1 HORAS/SEMANA 20 HORAS. TEÓRICA = 20 HORAS. LABORATÓRIO = 0 HORAS
PRÉ REQUISITOS: Não
Ementa
  • Gêneros textuais: sinopses, resenhas e roteiros.
  • Compreensão e produção de textos em Língua Inglesa (reading and writing).
  • Compreensão de diálogos em Língua Inglesa (listening).
  • Leitura de diálogos em Língua Inglesa (atuação para vídeo).
  • Linguagem audiovisual e estrutura do filme.
  • Vocabulário relacionado aos temas.
COMPETÊNCIAS
  • Gêneros textuais: sinopses, resenhas e roteiros;
  • Compreensão e produção de textos em Língua Inglesa (reading and writing);
  • Compreensão de diálogos em Língua Inglesa (listening);
  • Leitura de diálogos em Língua Inglesa (atuação para vídeo);
  • Linguagem audiovisual e estrutura do filme;
  • Palavras relacionadas aos temas (cinema, audiovisual, narrativa ficcional), cognatos e falsos cognatos, sufixos e prefixos, uso do dicionário e estratégias de pesquisa na internet.

Bibliografia

Bibliografia Básica
  1. Sellen, Derek. Romeo and Juliet: Willian Shakespeare. São Palo: SBS Editora, 2001.
  2. Pizzorno, Chiara. The Life and Times of Shakespeare. Genoa: Black Cat Publishing, 2006
Bibliografia Complementar
  1. DIAS, Reinildes, JUCÁ, Leina & FARIA, Raquel. High Up. Macmillan, 2013.
  2. MURPHY, Raymond. Essential Grammar in Use. Cambridge Univ.
Plano de Ensino, Bibliografia e Cronograma de Atividades
VOLTAR

CIH60804 - Ciências Humanas 4ª fase

Dados da disciplina
CARGA HORÁRIA: 2 HORAS/SEMANA 40 HORAS. TEÓRICA = 40 HORAS. LABORATÓRIO = 0 HORAS
PRÉ REQUISITOS: Não
Ementa
  • Conceituação de Filosofia e os principais filósofos da História da Filosofia.
COMPETÊNCIAS
  • Conceitos de Filosofia: o que é Filosofia e para que serve
  • Períodos da Filosofia.
  • A Filosofia grega e os pré-socráticos.
  • Os sofistas.
  • Sócrates.
  • Platão e Aristóteles.
  • A Filosofia Medieval Cristã:
    • a Patrística de Santo Agostinho;
    • a Escolástica de São Tomás de Aquino;
  • A Filosofia moderna;
  • A Filosofia na contemporaneidade.

Bibliografia

Bibliografia Básica
  1. CHAUÍ, Marilena. Iniciação à Filosofia. 2.ed. São Paulo: Ática, 2014.
  2. CHALITA, Gabriel. Vivendo a Filosofia. 3.ed. São Paulo: Ática, 2010.
Bibliografia Complementar
  1. ARANHA, M. L. A. ; MARTINS, M. H. P. Filosofando: introdução à filosofia. São Paulo: Moderna, 1993.
  2. BUZZI, A. Introdução ao Pensar. 20. ed. Petrópolis: Vozes, 1991.
  3. GAARDER, J. O Mundo de Sofia. 10. ed. Rio de Janeiro: Cia das Letras, 1995. CD Room da obra.
  4. GHIRALDELLI JR. P. Introdução à Filosofia. Barueri, SP: Manole, 2003.
  5. REALE, G.; ANTISERI, D. História da Filosofia. São Paulo: Moderna, 1990. 3 vls.
  6. TELES, A. X. Introdução ao Estudo da Filosofia. 31. ed. São Paulo: Ética, 1997.
Plano de Ensino, Bibliografia e Cronograma de Atividades
VOLTAR

EDF60804 - Educação Física 4ª fase

Dados da disciplina
CARGA HORÁRIA: 2 HORAS/SEMANA 40 HORAS. TEÓRICA = 40 HORAS. LABORATÓRIO = 0 HORAS
PRÉ REQUISITOS: Não
Ementa
  • Sociologia do Esporte;
  • Mídia e Educação Física;
  • Cultura de Movimento: jogos desportivos e vivências corporais.
COMPETÊNCIAS
  • Compreender as formas de comunicação, gestuais e imagéticos como sistemas de comunicação;
  • Identificar as diferentes concepções sobre o corpo (padrões de saúde e beleza), percebendo sua inserção dentro do universo cultural em que são produzidas, analisando criticamente os padrões estabelecidos pelos meios de comunicação;
  • Interpretar mensagens variadas como forma de expressão de sentidos, emoções e experiências do ser humano;
  • Confrontar opiniões e pontos de vista referente a relação esporte e sociedade;
  • Ser capaz de tomar iniciativa, agir com criatividade, gerando e propondo novas ideias;
  • Participar da cultura de movimento estando apto a produzi-la, reproduzi-la e transformá-la;
  • Ser capaz de trabalhar em pequenos e grandes grupos, compreendendo as diferenças individuais e colaborando para o alcance dos objetivos coletivos.

Bibliografia

Bibliografia Básica
  1. ADORNO, Theodor W. Educação e Emancipação. Rio de Janeiro (RJ): Paz e Terra, 1995.
  2. ___________________. Mensagens Numa Garrafa. In.: ZIZEK, Slavov. Um Mapa da Ideologia. Rio de Janeiro (RJ): Contraponto, 1996.
  3. ADORNO, T & HORKHEIMER M. Dialética do Esclarecimento. Rio de Janeiro (RJ): Jorge Zahar, 1985.
  4. ARENDT, Hannah. Entre o Passado e o Futuro. São Paulo (SP): Perspectiva, 1992.
  5. BETTI, Mauro. Educação Física e Sociedade. São Paulo (SP): Movimento, 1991.
  6. _____________. A Janela de Vidro: Esporte, Televisão e Educação Física. Campinas (SP): Papirus, 1998.
  7. BOURDIEU, Pierre. O Poder Simbólico. – 2. Ed. – Rio de Janeiro (RJ): Bertrand Brasil, 1998.
  8. _________________. Razões Práticas: Sobre a teoria da ação. Campinas (SP): Papirus, 1997.
  9. BRACHT, Valter. Educação Física e Aprendizagem Social. Porto Alegre (RS): Magister, 1997.
  10. _______________. Sociologia Crítica do Esporte: Uma Introdução. Vitória (ES): UFES, 1997c.
  11. CARVALHO, Yara M de. O “Mito” da Atividade Física e Saúde. São Paulo (SP): Hucitec, 1995.
  12. COLETIVO DE AUTORES. Metodologia do Ensino da Educação Física. São Paulo (SP): Cortez, 1992.
  13. DAOLIO, Jocimar. Da Cultura do Corpo. Campinas (SP): Papirus, 1995.
  14. ________________. Cultura: Educação Física e Futebol. Campinas (SP): UNICAMP,
  15. FOURQUIN, Jean-Claude. Escola e Cultura: As Bases Epistemológicas do Conhecimento Escolar. Porto Alegre (RS): Artes Médicas, 1993.
  16. FOUCAULT, Michel. Vigiar e Punir. Petrópolis (RJ): Vozes, 1997.
  17. FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. São Paulo (SP): Paz e Terra, 1987.
  18. KUNZ, Elenor. Educação Física: Ensino e Mudanças. Ijuí (RS): Unijuí, 1991.
  19. _____________.Transformação Didático-Pedagógica do Esporte. Ijuí (RS): Unijuí, 1994.
  20. MERLEAU- PONTY, Maurice. Fenomenologia da Percepção. São Paulo (SP): Martins Fontes, 1994. (Coleção Tópicos)
  21. NAHAS, Markus Vinícius. Atividade física, saúde e qualidade de vida: conceitos e sugestões para um estilo de vida ativo. Londrina: Midiograf, 2001.
  22. SANTIN, Silvino. Uma Abordagem Filosófica da Corporeidade. Ijuí (RS): Unijuí, 1987.


Plano de Ensino, Bibliografia e Cronograma de Atividades
VOLTAR

ESP60804 - Espanhol 4ª fase

Dados da disciplina
CARGA HORÁRIA: 1 HORAS/SEMANA 20 HORAS. TEÓRICA = 20 HORAS. LABORATÓRIO = 0 HORAS
PRÉ REQUISITOS: Não
Ementa
  • Comidas; verbo gustar;
  • Ropa y vestuário, género y número, verbos: preferir y llevar;
  • Características físicas y psicológicas;
  • família; expresiones idiomáticas; posesivos;
  • la ciudad; expresiones para caracterizar lugar, expresiones de localización;
  • expresar opiniones, dichos y frases hechas;
  • vocabulário de viaje, medios de transporte;
COMPETÊNCIAS
  • Adequar estratégias de ensino de Língua Estrangeira às necessidades específicas de aprendizagem;
  • Ensinar o uso “real” da língua; e não somente, uma língua “ideal”;
  • Ocupar-se-á em identificar, analisar e encontrar soluções pedagógicas diante das dificuldades encontradas no ensino-aprendizagem do espanhol para falantes do português brasileiro;
  • Sistematizar a proximidade e a diferença nas análises linguísticas, para solucionar e superar dificuldades nos processos de aquisição da linguagem;
  • Oferecer métodos de ensino que não deixe de considerar a língua de partida do(a) aprendiz, o português;
  • Abrir espaço, na prática de ensino, que provoque no aluno o diálogo com sua própria dúvida, formulando soluções, e, com esse exercício, colaborar ativamente na construção do novo conhecimento;

Bibliografia

Bibliografia Básica
  1. Brasil, Ministério da Educação. Secretária da Educação Média e Tecnológica. Parâmetros curriculares nacionais: ensino médio  : Linguagens, códigos e suas tecnologias/Ministério da Educação. Brasília: Ministério da Educação/Secretaria da Educação Média e Tecnológica, 1999. 2.
  2. Martin, Ivan. Síntesis : curso de lengua española : ensino médio. São Paulo: Ática, 2010.
  3. Lei 11.161/05
  4. O ensino do espanhol no Brasil  : passado, presente e futuro / João Sedycias, organização. São Paulo, 2005.
  5. Romanos, Henrique. Espanhol expansión  : ensino médio  : volume único. São Paulo : FTD, 2004.
Plano de Ensino, Bibliografia e Cronograma de Atividades
VOLTAR

ART60804 - Artes 4ª fase

Dados da disciplina
CARGA HORÁRIA: 1 HORAS/SEMANA 20 HORAS. TEÓRICA = 20 HORAS. LABORATÓRIO = 0 HORAS
PRÉ REQUISITOS: Não
Ementa
  • Contribuir para a formação de conhecimentos sobre as diferentes e diversas relações do ser humano com a Arte nos tempos e espaços.
  • Elaboração de ideias pela expressividade artística, pesquisa, reflexão, autonomia, criatividade e imaginação.
COMPETÊNCIAS
  • Utilizar as linguagens da arte considerando-as como veículos de busca e produção de sentido ao expressar, investigar e se comunicar por intermédio da arte, produzindo ou apreciando trabalhos artísticos, reconhecendo, respeitando e refletindo sobre a influência dos diversos contextos socioculturais.
  • Vivenciar a arte através das categorias Artes Visuais.
  • Dar subsídios para o entendimento de termos contemporâneos como visualidade, repertório pessoal, interfaces e conceito, através da imagem híbrida, propondo que a sala de aula seja um campo de possibilidades investigativas e questionamentos.
  • Compreender a produção artística como repertório de reflexão e criação poética-visual, referenciando a história da arte, incluindo a arte primitiva, africana, os “ismos” até chegar no contemporâneo; com foco na discussão do termo arte, dos elementos de composição e linguagens artísticas.

Bibliografia

Bibliografia Básica
  1. PROENÇA, Graça. Descobrindo a história da arte. São Paulo: Ática, 2005.
  2. DOMINGUES, D. A arte no século XXI. São Paulo: UNESP, 1997.
Plano de Ensino, Bibliografia e Cronograma de Atividades
VOLTAR