Cabeamento estruturado e redes telefônicas (2016-1)

De MediaWiki do Campus São José
Ir para: navegação, pesquisa

Professor da Disciplina: Cleber Jorge Amaral
e-mail: cleber.amaral@ifsc.edu.br

Calendário Acadêmico

Critérios e instrumentos de avaliação

  • Conceito => Somatório(Nota)/QtNotas
    • Esta é uma previsão, eventuais mudanças serão comunicadas no decorrer das atividades
    • Nota[1]: Nota da Avaliação 1 (teórica até aterramento)
    • Nota[2]: Média das notas das Listas de exercícios e trabalhos parciais
    • Nota[3]: Nota do Projeto final
      • Cronograma + lista de materiais = 10%
      • Execução do projeto = 25%
      • Documentação final = 65%
  • Frequência
    • Mínimo 75% (geral)

Datas importantes

  • 22/04/2016
    • Lista de exercícios 1 (parâmetros de transmissão): Entregar manuscrito em aula ou por e-mail até 23:59:59.
  • 03/05/2016
    • Lista de exercícios 2 (visão geral do cabeamento estruturado): Entregar por e-mail até 23:59:59.
  • 06/05/2016
    • Trabalho 1 (atenuação e ruído): Entregar por e-mail até 23:59:59
  • 10/05/2016
    • Lista de exercícios 3 (diagramas unifilar e da topologia: Estudo de caso): Entregar manuscrito em sala ou por e-mail até 23:59:59
  • 24/05/2016
    • Prova 1: Conteúdo é toda a matéria até a aula de 17/05.
  • 27/05/2016
    • Parcial projeto cabeamento: Trazer manuscrito/impresso para a aula lista de materiais e cronograma de atividades
  • 24/06/2016
    • Parcial projeto cabeamento: Entrega da obra ao cliente com links e tomadas em funcionamento
  • 26/07/2016
    • Final projeto cabeamento: Entrega da documentação do projeto incluindo planta, cronograma, lista de materiais e relatórios de certificação

Material de aula

Como funciona o laser
  • 4.0: Introdução ao CAD
Introdução ao CAD
  • Conhecendo a interface
    • Criando, abrindo e salvando arquivos
    • Barra de ferramentas (Home)
    • Área de desenho
      • Cursor
      • Indicação de coordenadas (UCS)
    • Abas de modelo e leiaute
    • Leiaute para diferentes configurações de impressão
    • Entrada de comandos
    • Barra inferior (status e configurações adicionais)
  • Visualizando um projeto no AutoCAD
    • Abra o projeto “Floor Plan Sample”, salve uma cópia em sua pasta de documentos.
    • Opere com o mouse apenas (sem entrada de comandos), observe as funções do botão da esquerda (operador), da direita (pop-up/ENTER) e da roda do mouse (visualização)
    • Realize seleção do parcialmente contido e totalmente contido
    • Realize medições com o utilitário measure
  • Layout de impressão
    • Abra o projeto “Data Extraction and Multileaders Sample”, salve uma cópia em sua pasta de documentos.
    • Navegue sobre o desenho com gridmode on e of
    • Navegue sobre o desenho em “Model” e em “Layout1”, Encontre os elementos nestas diferentes perspectivas
Exercício de CAD - parte 1
  • Desenhe a planta baixa do Lab. Meios, incluindo janelas, porta e objetos. Use "mm" como referência métrica. Explore os seguintes comandos e ferramentas:
    • Draw: Line, Rec(tangle)
    • Modify: Move, Copy, Trim, Extend, Lengthen (obter o tamanho e modificar o tamanho), Erase
  • Obtenha uma cadeira do projeto “Floor Plan Sample” e cole em seu novo projeto. Utilize a ferramenta scale para ajustar o tamanho.
  • Realize operações com osnap on e of
  • Realize operações com ortho on e of
  • Realize operações com snapmode on e of
Exercício de CAD - parte 2
  • Indique as dimensões e altura das janelas adequadamente
  • Inclua cotas e textos explicativos
    • Annotation: Text, Dimension
  • Simbolize o desnível que há entre a sala e o corredor
  • Separe a alvenaria e mobília, e detalhamentos destas em layers distintas
    • Crie uma nova layer para o cabeamento fazendo também uma para detalhamento
  • Desenhe o cabeamento e as tomadas indicandocom detalhes a quantidade e tipos de cabos
Exercício de CAD - parte 3
  • Prepare sua planta baixa para plotagem
    • Utilize a moldura A4 disponibilizada preenchendo os dados corretamente
    • Dimensione seu desenho para uma escala disponível no escalímetro padrão
  • Desenhe demais perspectivas requeridas para seu projeto (visão frontal dos racks, diagrama, etc)

Material de apoio

Cabeamento

Ordem de cores para patch panel Multitoc

O patch panel Multitoc é um tanto confuso pois o adesivo não deixa clara a sequencia exata dos fios. A imagem a seguir facilita um pouco esta compreensão, observar a sequencia (No caso T568A: BR-AZ, AZ, BR-VD, VD, BR-LR, LR, BR-MR e MR). Atenção também que alguns dos patch panels que temos estão com adesivo T568B e outros T568A, pode ser necessário ignorar o adesivo para realizar determinado esquema. Patch Panel Cat5e 24P traseira 2.jpg

Tabela de cores padrão telefônico para utilizar no cabeamento de ramais

Tabela cores.png

Utilizando blocos IDC 110

Utilizando cabos de 25 pares as zonas são organizadas conforme imagem abaixo 4-pair-on-110.gif Observe na tabela de cores do padrão telefônico, os pares com branco devem ser conectados na zona branca, os pares com vermelho na zona vermelha e assim por diante. Tabela cores.png Caso sejam utilizados cabos de 4 pares devem ser dispostos conforme segue. 110-wiring-block-8.jpg Observe que para todos os casos um par do bloco IDC fica inutilizado.

Passo-a-passo emenda de fibra óptica (fusão)
  • Utilizando a máquina de emenda Swift F1
  1. Preparar máquina de fusão (deve estar energizada e limpa)
  2. Decapar o cabo da fibra (remover a capa externa e outros materiais de proteção, se houver). Em uma das ponta incluir o tubete de proteção da emenda.
  3. Adequar a fibra que será emendada no adaptador deixando cerca de 2cm de sobre de fibra
  4. Ligar a função descascadora (stripper), botão abaixo do RESET. Aguardar o beep que mostra que está aquecida.
  5. Abrir a tampa menor do stripper e depois a maior (que tem a guilhotina e aquecedor), posicionar então o adaptador acomodando a fibra sobre o aquecedor (deve alcançar por volta do 20)
  6. Fechar tampa menor e depois a do aquecedor e aguardar o descascamento
  7. Abrir a tampa menor e remover a fibra, removendo todo o conjunto com o adaptador (não mexer no posicionamento da fibra)
  8. Abrir a tampa do aquecedor, aguardar o carro retornar
  9. Realizar a limpeza do aquecedor e desligar a função stripper
  10. Fechar as tampas do stripper
  11. Abrir a comporta do clivador, posicionar o adaptador e fechar com firmeza realizando o corte
  12. Remover a fibra do clivador e realizar a limpeza com álcool isoprpílico
  13. Posicionar a fibra na câmara de fusão
  14. Repetir o processo com a outra ponta da emenda
  15. Estando posicionada corretamente, pressionar PLAY para a fusão
  16. Sendo bem sucedida, retire a fibra dos adaptadores enquanto está posicionada na câmara para evitar ruptura. Posicione o tubete para proteger a emenda
  17. Posicione a fibra no forno e pressione o botão acima do ESC. Aguarde o beep final.

AutoCAD

Desenhando componentes de cabeamento estruturado
  • Desenho de tomadas de telecom e cabeamento passando por paredes (embutido) e piso
    • Na representação da tomada o autor utilizou uma figura triangular vazada representando uma tomada que está posicionada a 30cm do piso. No detalhe consta a quantidade de conectores RJ45 naquele ponto e a nomenclatura PT TE N (ponto de telecom e um número sequencial único para todo o projeto)
    • A norma NBR14565:2004 (obsoleta) sugeria:
      • PT é o ponto de telecomunicações
      • XX representa o pavimento onde está instalada a tomada;
      • XXX representa o seqüencial do PT

Cabeamento 01 - cabeamento passando pelo piso e parede.png

  • Desenho de tomadas de telecom e cabeamento passando por paredes e teto
    • Nesta representação há também um armário de telecomunicações (sala de telecomunicações) representada por PC (Painel de Conexões)


Cabeamento 02 - tomadas de telecom - cabeamento passando pelo teto e paredes.png

  • Desenho de calhas e representação de grupos de cabos
  • Neste projeto a nomenclatura utilizada é NxCYU-4P onde N é a quantidade de cabos que está passando naquele ponto e Y é P=Principal (ligação entre distribuidores de piso e de edifício), S=Secundário (cabeamento horizontal) e I=Intermediário (ligação entre distribuidores de campus e edifício). Enfim é N x cabos (C) nível Y tipo U (UTP) - de 4 Pares.


Cabeamento 03 - representação de grupos de cabos e calhas.png

  • Representação de caixa de ligação entre pavimentos (prumada), neste caso a seta descendo significa que este é o andar superior e o cabeamento está descendo para o piso inferior

Cabeamento 04 - caixa de ligação dos pavimentos - prumada - seta descendo na direção do andar inferior.png

  • Representação de caixa de ligação entre pavimentos (prumada), neste caso a seta descendo significa que este é o andar superior e o cabeamento está descendo para o piso inferior

Cabeamento 05 - Sala de equipamentos e rack - chegada da prumada do pavimento superior - seta subindo para representar ligação com andar superior.png

  • Representação de caixa de pontos de CFTV, de cabeamento de TV passando pelo piso.

Cabeamento 06 - CFTV exemplo, cabeamento TV pelo piso e cabeamento estruturado pelo teto.png

  • Imagens obtidas do curso AltoQi Lumine

Aulas práticas

Trabalho

  • Projetar e executar o cabeamento estruturado de um distribuidor de piso, suas tomadas de telecomunicações e conexões com o BD
    • Gerar lista de materiais
      • Para demanda de cabeamento a equação a seguir pode ser utilizada: Qc = (Dist ponto mais proximo + distancia do mais distante + 4xPedireito) x Quantidade de pontos X 1,1 / 2
    • Fazer cronograma do projeto em planilha
    • Montar um distribuidor de piso (FD)
      • Utilizar Interconexão
      • Montar 2 áreas de trabalho (4 TOs)
        • Equipes do Rack 1 e 2: 4 TOs saindo do FD
        • Equipes do Rack 3 e 4: 2 TOs saindo do FD e 2 saindo do BD
      • Backbone de edifício (Caso já exista backbone chegando ao rack não precisa)
      • 4 ramais telefônicos (voz)
      • Link redundante entre racks 1&4 e 2&3 (cada equipe monta a sua ponta, a turma A passa um cabo e a turma B passa o backup)
    • Todos os grupos em colaboração (de forma que fique no mesmo padrão)
      • Montar um distribuidor de Edifício (BD)
      • Utilizar conexão cruzada
      • TOs: equipes dos Racks
      • Ramais telefônicos (cada equipe monta o seu)
      • Central telefônica
    • Desenhar no AutoCAD (Projeto Exemplo - PDF e Projeto Exemplo - DWG)
      • Diagrama unifilar
      • Leiaute da sala com destaque para o cabeamento
        • Utilizar layers para os diferentes temas como alvenaria, cabeamento, informações
        • Utilizar nomenclaturas conforme norma
        • Cada equipe deve desenhar todo o cabeamento relacionado ao seu projeto incluindo no BD (só não precisa desenhar detalhes de cabeamento de outros projetos executados na sala)
        • Sistemas de distribuição (eletrocalhas, dutos, fixadores, etc) não precisam ser projetados (já que nosso projeto é as built). Cabe mencionar no relatório observações caso o sistema de distribuição não estivesse adequado a demanda de cabeamento que foi executada.
      • Visão frontal do rack do FD e do BD Trabalho de equipe (4 grupos)

Atividades

  • Realizar análise desta demanda
  • Fazer cronograma de atividades
  • Reservando os espaços (Us) que serão utilizados
  • Gerar lista de materiais
  • Obter os materiais
  • Executar o projeto
  • Documentar o projeto
    • CAD (Incluindo identificações, registros e os desenhos)
      • Diagrama unifilar
      • Planta
      • Vista fronta do rack e conexões
    • Outros documentos
      • Cronograma
      • Lista de materiais
      • Resultados da certificação
        • Caso tenha havido falhas apresentar justificativas utilizando a teoria que trabalhamos

Grupos

  • Turma A
    • grA: BrunoK, Augusto, Espindola
    • grB: Arthur, Hass, Nascimento
    • grC: Marassati, Machado, Felipe
    • grD: Mariano, Rodrigues, Amorim
  • TurmaB
    • grA: Jaqueline, Marcele
    • grB: Rodrigo, Patrick, M.Henrique
    • grC: Natalia, Marlon, Yasmin
    • grD: Matheus, Vanessa, Juliano

Grupos por Rack

  • TurmaB
    • grA: rack1
    • grB: rack4
    • grC: rack2
    • grD: rack3
  • TurmaA
    • grA: rack4
    • grB: rack1
    • grC: rack2
    • grD: rack3

Padrão de Identificação dos Projetos

  • Distribuidores: F1, F2, F3, F4 e B1 (para ambas das turmas)
  • Tomadas: TXXYY
    • T = Tomada
    • XX = Número da Sala (simulação de um edifício real)
    • YY = Número de identificação
      • Ex1.: T0101 = Tomada 01 da sala 01
      • Ex2.: T0514 = Tomada 14 da sala 05
  • Racks: R1 (Rack 1 para todos)
    • obs.: Caso ocorre expansão, haverá R2, R3...
  • Patch Panels: PP1 e PP2 (Patch panel 1 para grupos turma B e 2 para turma A)
  • Salas (simulação de um edifício real)
    • Salas 01, 02, 03, 04 e 09, (turma B, F1, F2, F3, F4 e B1 respectivamente)
    • Salas 05, 06, 07, 08 e 10 (turma A, F1, F2, F3, F4 e B1 respectivamente)
      • Obs.: As equipes que farão o cabeamento horizontal saindo do B1 simularão portanto estarem cabeando as salas 9 e 10. Neste caso há duas equipes por turma cabeando a mesma sala.
  • Cabos: TTZNE1E2
    • TT = Tipo C6 (Cat6), C5 (Cat5e), M1 (Fibra Multimodo OM1), S1 (Fibra Monomodo OS1)
    • ZN = Identificação do Serviço e número identificador
      • V (voz), D (Backbone dados), R (link redundante)
      • ausente para cabeamento horizontal
    • E1 = Extremidade 1
    • E2 = Extremidade 2
      • Obs.: A extremidade 1 é a mais baixa na hierarquia, quando mesmo nível o número inferior de identificação
      • Ex1.: C6T0103F1 = Cabo Cat6, Tomada da sala 1 número 03 para Floor Distribuctor 1.
      • Ex2.: C6V1F1B1 = Cat6, Voz Número 1, Floor para Building 1
      • Ex3.: C6R2F1F4 = Cat6, Redundante 2, Floor 1 para Floor 4

Registros

Testes de certificação

Fotos da visita a Oi - Maio 2016

Visita OI 20160513 151515.jpg Visita OI 20160513 153758.jpg
Visita OI 20160513 152447.jpg Visita OI 20160513 163929.jpg