PTG60806-171

De MediaWiki do Campus São José
Ir para: navegação, pesquisa

ARTE CABEÇALHO - Integrado TELE.png

Plano de Ensino de 2017.1

Dados gerais
COMPONENTE CURRICULAR: PTG60806 - Português 6ª fase TELE
CARGA HORÁRIA: 2 HORAS/SEMANA 40 HORAS.
Ementa
  • Habilidades de leitura, escrita, fala e escuta em diferentes instâncias sociais.
  • Transitividade verbal.
  • Regência verbal.
  • Crase.
  • Texto argumentativo.
  • Carta.
  • Parnasianismo.
  • Simbolismo no Brasil.
COMPETÊNCIAS
  • construção gradativa de saberes sobre os textos que circularam e circulam socialmente, relacionando-os às diferentes épocas que foram escritos na Língua Portuguesa, recorrendo a diferentes universos semióticos; identificando aspectos políticos e ideológicos, históricos e sociais, globais e locais, acadêmicos e científicos na linguagem;
  • Apreensão e utilização de conhecimentos da língua padrão na formulação de textos;
  • Ampliação contínua de saberes relativos à configuração, ao funcionamento e à circulação dos textos quanto ao desenvolvimento da capacidade de reflexão sistemática sobre a língua e a linguagem.
SABERES
  • Linguísticos: transitividade verbal, regência verbal, crase.
  • Discursivo textuais: Texto argumentativo, carta.
  • Literários: Parnasianismo e Simbolismo.
Estratégias de ensino utilizadas (Metodologia)
  • Aulas expositivas e dialogadas;
  • Pesquisa individual ou em grupo;
  • Produção textual;
Critérios e instrumentos de avaliação
A avaliação será feita através de:
1) Provas;
2) Trabalhos individuais e em grupo;
3) Seminários;
4) Produção textual (reescrita);
5) Assiduidade e participação.


Bibliografia

Bibliografia Básica
  1. ANTUNES, Irandé. Muito além da gramática: por um ensino sem pedras no caminho. São Paulo. Parábola, 2007.
  2. BAGNO, Marcos. Pesquisa na escola: o que é, como se faz. São Paulo: Loyola, 2006.
  3. BORTONI-RICARDO, Stella Maris. Educação em língua materna: a sociolinguística na sala de aula. São Paulo: Parábola, 2004
  4. BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais. Linguagens, códigos e suas tecnologias. Brasília: Secretaria da Educação Básica. Ministério da Educação, 1996.
  5. CEREJA, William Roberto. Português: linguagens. Volume 2. Ensino médio. 5ª ed. São Paulo: Atual, 2005.
  6. CEREJA, William Roberto; MAGALHÃES, Thereza Cochar. Português: Linguagens. Volume 1. Ensino médio. 7ª ed. São Paulo: Saraiva, 2010.
  7. FERREIRA, Marina; ANTÔNIO, Severino; AMARAL, Emília; LEITE, Ricardo. NOVAS PALAVRAS: Português, Volume único. São Paulo: FTD, 2003.
  8. GONZAGA, Sergius. Manual de Literatura brasileira. 16ª ed. Porto Alegre: Mercado Aberto, 2001.
  9. GONZAGA, Tomás Antônio. Marília de Dirceu. São Paulo: Ediouro/Folha de São Paulo, 1997.
  10. GORSKI, Edair Maria; COELHO, Izete Lehmkuhl (Org.). Sociolinguística e ensino: contribuições para a formação do professor de língua. Florianópolis: Ed. UFSC, 2006.
  11. MEIRELLES, Cecília. Romanceiro da inconfidência. São Paulo: Nova Fronteira, 2005.
  12. OLIVIERI, Antônio Carlos; VILLA, Marco Antonio (Org.). Cronistas do Descobrimento. 3ª ed. São Paulo: Ática, 2008.
  13. SALINAS, Luiz. O iluminismo e os reis filósofos. São Paulo: Brasiliense, 1981. (Coleção Tudo é História, 22).
  14. CEREJA, William Roberto; MAGALHÃES, Thereza Cochar. Português: Linguagens. São Paulo: Atual, 2010.
  15. DICIONÁRIO HOUAISS DA LÍNGUA PORTUGUESA. Rio de Janeiro: Objetiva, 2009.
  16. TERRA, Ernani. Curso prático de gramática. São Paulo: Scipione, 2002.
  17. SACCONI, Luiz Antonio. Gramática para todos os cursos e concursos: teoria e prática. São Paulo: Editora Nova Geração, 2010.

ANEXOS

Cronograma de atividades
Horário de Aula e Atendimento Paralelo