PJI1 2017 2-Equipe 4

De MediaWiki do Campus São José
Ir para: navegação, pesquisa
Equipe 4


Relatório final



Introdução

Este é o relatório do projeto desenvolvido pela equipe 4. Formada por alunos da primeira fase do curso Técnico em Telecomunicações 2017/2.

O projeto foi efetuado durante as aulas da disciplina "Projeto Integrador 1", ministrado no IFSC-SJ pelos professores Cleber e Juliano.

A equipe realizou o trabalho durante o semestre, absorvendo os conteúdos aplicados pelos professores e colocando em prática o conhecimento adquirido no laboratório.


Equipe 4

As atividades foram administradas pelos alunos:

  • Leonardo Dorneles Batista
  • João Victor Ogg Menegaz
  • Rony Pinto de Resende
  • Vitor Cavichioli Flores
  • Fabio Mafra
  • Marineiva dos Santos França
  • Hellen Horrainy Gonçalves


Assuntos abordados

  • Cabeamento estruturado;
  • Telefonia;
  • Fibra óptica;
  • CFTV - circuito fechado de televisão;
  • Projeto elétrico.


Cabeamento estruturado

Conjunto completo de cabos, conectores, emendas, tomadas, elementos de proteção, suportes mecânicos e elétricos para atender a necessidade de interconexão dos elementos terminais de uma rede local de telecomunicações.

Os alunos foram orientados sobre o que é e para que serve o cabeamento estruturado. As orientações foram baseadas na norma NBR 14565 (2013).

  • Nomenclaturas;
  • Visão geral do cabeamento - diagrama unifilar;
  • Distribuidores;
  • Subsistemas de cabeamento:

- Tipos de conexões;

- Cabeamento de backbone;

- Cabeamento horizontal.

  • Espaços físicos:

-Instalações de entrada (tipos e proteções);

- Sala de equipamentos;

- Sala de telecomunicações.

  • Componentes do cabeamento horizontal (CP, MUTO, splitters);
  • Utilização de fibra óptica no cabeamento de backbone e horizontal;
  • Orientações para lançamentos de cabos (UTP, coaxial e fibra).


Aulas práticas

No laboratório, a equipe aplicou em prática a passagem de cabeamento por tubulações com auxílio do "cabo guia". Foi desenvolvida a passagem do cabeamento de Back Bone e o cabeamento redundante (ambos entre o distribuidor de edifício e o distribuidor de piso).

Após a passagem dos cabos, foi desenvolvida a grimpagem (padrão EIA/TIA 568-A) dos links permanentes nos patch panels do "Distribuidor Geral - C1 (distribuidor de campus - CD)" e do "Rack 4 - R4 (distribuidor de edifício - BD)".

Distribuidor de campus (C1):

  • Monitor LCD;
  • Gravador digital de vídeo (DVR);
  • Central PABX impacta;
  • Switch;
  • Patch Panel (PP1);
  • Patch Panel (PP2);
  • Patch Panel (PP3);
  • IP DSLAM;
  • Patch Panel (PP4);
  • Organizador de cabos;
  • Conversor de midia fibra-ethernet;
  • Distribuidor Interno Óptico (DIO);
  • Régua de tomadas.

Distribuidor de edifício (R4)

  • Modem ADSL
  • Conversor de midia fibra-ethernet;
  • Distribuidor Interno Óptico (DIO);
  • Switch;
  • Patch Panel (PP1);
  • Organizador de cabos;
  • Régua de tomadas.

Distribuidor de piso (A4):

  • Câmera Intelbras VMD 315 IR;
  • Bloco IDC;
  • Central telefônica Digistar


C1 Distribuidor de Campus 2017-2.png
Rack4 distribuidor de edifício E4 2017-2.png
Distribuidor de piso E4 2017-2.png


Foram instaladas 4 tomadas (TO) na sala fictícia do projeto. Seus cabos foram levados pela tubulação, passando pela Caixa de Passagem, até o Patch Panel do R4 (onde foram grimpados).

Tomadas sala fictícia E4 2017-2.png
Caixa de passagem E4 2017-2.png
Equipe4 2017-2 CaboHorizontal T1.png


Certificação

Equipamentos de rede e instalações foram verificadas com auxílio do Modem ADSL, IP DSLAN e switch.

A rede foi testada e certificada com o Fluke Networks DSX-5000 CableAnalyzer Series Offers. O equipamento constatou a categoria cat 5 na maioria dos cabos instalados, somente o cabeamento de uma das tomadas da sala fictícia alcançou cat 6.

Equipe4 par-trançado cat6 2017-2.png


Identificação

A identificação dos componentes do cabeamento estruturado foi realizada através de etiquetas adesivas com códigos. Os códigos tem relação direta aos dispositivos que compõem a estrutura.

Distribuidor de Campus:

Componente Código
Distribuidor de Campus C1
Gravador digital de vídeo DVR
Central PABX impacta PABX
Switch SW1
Patch Panel PP1
Patch Panel PP2
Patch Panel PP3
IP DSLAM SW2
Patch Panel PP4
Distribuidor Interno Óptico DIO

Distribuidor de Edifício:

Componente Código
Rack R4
Distribuidor Interno Óptico DIO
Switch SW1
Patch Panel PP1

Distribuidor de Piso:

Componente Código
Armário de parede 4 A4
Câmera Intelbras VMD 315 IR CM4
Bloco IDC BL4
Central telefônica Digistar D4

Tomadas da sala fictícia:

Componente Código
Conector RJ45 fêmea T1
Conector RJ45 fêmea T2
Conector RJ45 fêmea T3
Conector RJ45 fêmea T4

Cabos:

Componente Código
Back Bone BB1
Back Bone redundante BB2


Atenção:As etiquetas visualizadas nos cabos metálicos, possuem a identificação orientando de onde o cabo vem e para onde ele vai, separado por uma "/".

Exemplo:R4-PP1-23 / R4-PP1-T1.


CFTV

Circuito interno de televisão, também conhecido pela sigla CFTV (closed-circuit television, CCTV), é um sistema de televisão que distribui sinais provenientes de câmeras localizadas em locais específicos, para um ou mais pontos de visualização.

A equipe utilizou a câmera analógica Intelbras (modelo: VMD 315 IR) e o DVR (modelo: VD 16F 480) para levar o sinal de vídeo até o Monitor LCD, através do cabeamento de par trançado entre o C1 e o R4.

CM4 câmera analógica equipe4 2017.png
Caixa de passagem2 E4 2017-2.png
DVR Intelbras E4 2017-2.png


CM4 E4 2017-2.png


Aulas práticas

Fixado a câmera no distribuidor de piso (A4), crimpado o cabo de par trançado no PP1 do R4, utilizando apenas o par azul. Interligando o mesmo ao balun e conectando-o com a câmera. No distribuidor de campus (C1), a crimpagem foi feita no PP2. A conexão com DVR foi efetuada através do balun.

Balum C1 CM4 E4 2017-2.png

A conexão entre o DVR (C1) e Câmera (Armário A4), foi administrada através de cabeamento metálico de par trançado (braco-azul e azul).


Telefonia

Telefonia é a área do conhecimento que trata da transmissão de voz e outros sons através de uma rede de telecomunicações. Ela surgiu da necessidade das pessoas que estão a distância se comunicarem.

Quatro portas foram grimpadas no PP1 do R4, destinadas à telefonia da sala fictícia, através da central Digistar.

Um par trançado foi grimpado no PP2 do C1, destinado a conexão com a central Impacta.

Digistar E4 2017-2.png
E4 Central IMPACTA C1 2017-2.png


Aulas práticas

A párica aconteceu com o bloco IDC-110 do A4, conectando a central telefônica (Digistar) com o PP1 do R4, da seguinte forma: De cima para baixo, da esquerda para direita, numeramos as conexões de 1 (A4 BL4 01), ao 6 (A4 BL4 06).

BlocoIDC BL4 equipe4 2017-2.png
Digistar E4 interna 2017-2.png


Fibra Óptica

A fibra óptica é um filamento extremamente fino e flexível, feito de vidro ultrapuro, plástico ou outro isolante elétrico (material com alta resistência ao fluxo de corrente elétrica).

Possui uma estrutura simples, composta por capa protetora, interface e núcleo.

O sinal de luz é convertido em sinal digital através dos conversores de mídia.

Utilizando cabeamento de fibra óptica multimodo de 3 pares. As fibras ópticas verde e amarela transmitem e recebem os sinais luminosos entre o DIO do distribuidor de campus (C1) e o DIO do distribuidor de edifício (R4).

DIO C1 E4 2017-2.png


Aulas práticas

As emendas das fibras multimodo foram executadas através do ILSINTECH SWIFT F1 Fusion Splicer.

ILSINTECH SWIFT F1 Fusion Splicer E4 2017-2.png


Projeto Elétrico

Distribuidor de campus - C1
Equipamento
Quantidade
Potência em VA
Switch D-Link 24P
1
36 VA
Dslam
1
92,50 VA
Monitor Led
1
10 VA
DVR Intelbras 16CH
1
61,50 VA
Central Telefônica Intelbras Impacta
1
16 VA
Conversor de Mídia Óptico
1
44 VA
Total:
260,00 VA


Distribuidor de edifício - R4
Equipamento
Quantidade
Potência VA
Switch TP-Link SG-3210
1
36 VA
Central Telefônica Digistar
1
20 VA
Conversor de Mídia Óptico
1
44 VA
Fonte CFTV 12V
1
88 VA
Total:
188,00 VA


NoBreak
Potência total aproximada, instalada nos racks C1 e R4 é de 448 VA.A equipe 4 recomenda o Nobreak de 600va do fabricante NHS. Possui o modelo Premium, com duas baterias de 17Ah, para uma autonomia aproximada de 2 horas.


Conclusão

Projeto Integrador I nos proporcionou conhecimento teórico e prático durante todo o semestre 2017-2. Foram formados 4 grupos entre todos os alunos da turma 110111.

Estudamos as seguintes matérias:

  • Cabeamento estruturado, que consiste em padronizar e organizar os equipamentos de telecomunicações para se tornar independente quanto ao tipo de aplicação de layout. Montamos o nosso cabeamento estruturado em laboratório, composto inicialmente por dois patch panel, um switch e uma régua de tomadas.
  • CFTV (circuito fechado ou interno de televisão), montamos uma câmera no distribuidor de piso A4, conectamos ela ao DVR do distribuidor de campus, passando pelo distribuidor de edifício via cabeamento de par trançado. Foi necessário o uso de balum na conexão com a CM4 e o DVR.
  • Telefonia, interligação dos usuários do sistema à central telefônica e as várias centrais entre si. Montamos uma central telefônica no distribuidor de piso e uma no distribuidor de campus.
  • Fibra óptica, consiste em prover uma maior capacidade de transmissão de informações e largura de banda, sem haver interferência eletromagnética. Montamos o conector SC no distribuidor de campus em conjunto ao conversor de midia. O mesmo trabalho foi executado no distribuidor de edifício. Passamos a fibra óptica multimodo (visando a economia no custo final da rede) entre o C1 e o R4. Conectamos ao distribuidor interno óptico e realizamos a certificação da fibra.
  • Projeto elétrico, funcionou da seguinte forma: primeiro pesquisamos a potência (VA) de cada equipamento em nossos equipamentos. Em seguida, somamos a potência total (VA) para dimencionar um nobreak capaz de suportar o sistema por duas horas.


  • Nossos agradecimentos aos professores Juliano e Cleber, pela dedicação e compreensão com toda a turma de alunos.


Referências

Alguns dos Materiais necessários para a elaboração deste relatório:

  • Apostila Cabeamento - Prof. Saul (2011)
  • [~saul/cabeamento%20estruturado/cabeamento%202011.pdf|Cabeamento Estruturado e Fibra Óptica]
  • [~casagrande/PIJ2/plantaexterna.pdf|Telefonia]
  • [~casagrande/PIJ2/CFTV.pdf|CFTV]