PIN18702 2017 2

De MediaWiki do Campus São José
Ir para: navegação, pesquisa

UNIDADE CURRICULAR: Projeto Integrador I

Cada equipe deverá montar uma fonte de alimentação ajustável, com regulação de tensão, e mostrador visual de sinalização (On/Off) e nível de tensão . Este projeto, assim como qualquer outro que seja implementado para conclusão do PI, contemplará os conteúdos das unidades curriculares estudadas até o módulo II do Curso Técnico de Eletroeletrônica do IFSC.


Fonte Linear Ajustável

REQUISITOS

Cada equipe deverá apresentar, em data definida no cronograma em anexo, uma fonte linear ajustável, cumprindo os seguintes requisitos:

1. A fonte de alimentação deverá ser projetada para atender os níveis de tensão de 0 a 30V, em corrente contínua, a partir de uma conexão de entrada 220V, 60Hz, protegida por fusível e com botão liga/desliga.
2. A potência de saída deverá ser de 10W em 12V.
3. O sistema de retificação da fonte de alimentação deverá ser projetado para funcionar como retificador de onda-completa, e possuir filtro capacitivo para diminuição da ondulação de tensão.
4. O sistema de regulação e ajuste de tensão poderá ser implementado a partir de circuitos integrados dedicados, desde que observados rigorosamente todas as especificações do seu datasheets quanto a montagem e segurança (e.g. LM 317).
5. O protótipo deverá possuir mostradores gráficos para indicação de status ligado/desligado, além de um mostrador numérico (e.g. display de 7 segmentos) que apresenta o nível de tensão na saída da fonte. Nesta etapa, poderá ser utilizado um conversor A/D integrado para quantização do sinal analógico.
6. A fonte deverá possuir sistema de proteção contra curto-circuito na saída.
7. O equipamento deverá apresentar bornes de saída padronizados para o positivo e o negativo da fonte (plug tipo banana fêmea) e um plug de tomada macho para conexão direta na rede 220V / 60Hz.
8. Cada grupo deve providenciar um gabinete mecânico para a adequada instalação dos bornes de saída, fixação da PCB da fonte, bem como a operação autônoma do equipamento. As dimensões máximas deste gabinete devem ser de 20cm de altura, 20cm de largura, e 30cm de profundidade.
9. Todas as placas e subsistemas do protótipo final devem ser identificadas com o número/ID da equipe em questão, com marcações permanentes e de fácil inspeção visual (e.g. gravações em cobre, impressões a tinta, etc.)
10. Os mostradores e sistemas de comando (ajuste) deverão estar localizados na parte frontal do equipamento.
11. Em nenhuma hipótese serão aceitos encapsulamentos de instrumentos comerciais (e.g. multímetros, voltímetros, etc) e/ou auxílio de instrumentação externa para o funcionamento (e.g. fontes de alimentação, instrumentos de bancada, etc.).
12. Não serão aceitos o uso de Arduino ou de qualquer controlador ou microcontrolador programável em qualquer parte do projeto.

PROFESSORES ORIENTADORES

Tabela 1 - Professores orientadores para o PI do Módulo II
Professor Tópicos
Tiago, Clayton Transformadores
André, Ênio Proteção e Comando
Valente, Alfen, Pozas Eletrônica Analógica
Jefferson, Tarcísio Retificadores e Filtros
Fernanda, Douglas A., Evanaska Eletrônica Digital
Jorge Artigos e Apresentações Científicas

EQUIPES

As equipes serão compostas por 02 (dois) alunos e não poderão ser alteradas sem a concordância de todos os professores orientadores. Cada aluno deve ser capaz de desenvolver todo o projeto individualmente.

1) Daniel R. e Maurício
2) Marcelo J. e Fabio J.
3) Wuyslen e Luan N.
4) Jean Carlos e Charllie
5) Rodrigo E. e José Márcio
6) Fabrício e Márcio
7) João e Tales
8) Lucas M. e Aline V.
9) Ana Paula e Matheus B.
10) Juan e Marcos B.
11) Carlos Eduardo e Wilson
13) Renato S. e Edson M.
14) Dagoberto e Clemir
15) Lucas L. e Emanuel B.

AVALIAÇÃO

O desempenho do projeto será avaliado de acordo com a precisão da execução, do uso adequado de componentes eletrônicos (sem exageros) e da qualidade do acabamento. Somente será aceita a apresentação de circuitos implementados em placa de circuito impresso. Não serão aceitos circuitos em placas de montagem, placas universais, matrizes de contato e similares. A avaliação do PI será feita de modo contínuo ao longo do semestre, enquanto os professores estarão participando das reuniões semanais. Uma pontuação é associada a cada tarefa, e será atribuída a cada componente das equipes. A equipe deve prover a alimentação da parte contínua do circuito através de uma fonte linear regulada. Não serão admitidos circuitos alimentados com as fontes dos laboratórios. A avaliação final será composta por duas avaliações:

  • Avaliação do projeto;
    • Cumprimento dos requisitos elétricos mínimos estabelecidos;
    • Cumprimento dos requisitos mecânicos estabelecidos;
    • Apresentação visual do protótipo;
    • Disposição interna dos elementos;
    • Funcionamento durante a apresentação;
    • Aprovação de artigo curto (4 páginas) em processo PEER REVIEW, no formato padrão da revista ilha digital.
  • Avaliação individual por integrante da equipe;
    • Apresentações parciais para o corpo de professores;
    • Comparecimento e comprometimento com as aulas de PI;
    • Entendimento do projeto;
    • Defesa do projeto com sustentação oral (apresentação final em ppt. de 10 minutos seguidos de arguição do corpo de professores).


Pontuação

O limite máximo previsto para cada tarefa é apresentado na Tabela 2. As tarefas em atraso serão recebidas com redução na pontuação proporcional ao atraso, até o prazo limite da segunda chamada.

Tabela 2 - Pontuação para as Tarefas do PI (Valores Máximos)
Tarefa Primeira Chamada Segunda Chamada
Apresentação do Projeto da Fonte Linear a ser Implementada 1,0 0,5
Módulo de Rebaixamento de Tensão, Sistema de Proteção de Entrada e
Sistema de Retificação e Filtragem
2,0 1,0
Sistema de Regulação de Tensão 1,0 0,5
Mostradores Gráficos: Sinalização (I/O) e Nível de tensão 1,0 0,5
Integração das etapas anteriores e da Estrutura Mecânica 1,0 0,5
Entrega do artigo curto Pré-Requisito -
Apresentação oral e defesa do projeto Pré-Requisito -
Nota do protótipo completo em funcionamento com a integração das
etapas anteriores, e inspeção de originalidade pós-apresentação
4,0 -


A pontuação máxima possível é de 10 pontos (primeira chamada) e a mínima para a aprovação no PI é de 6 pontos, sendo obrigatório o cumprimento das três últimas tarefas da Tabela 3. Serão descontados pontos para as etapas apresentadas em segunda chamada (quando aplicável). Observe que, conforme os critérios acima definidos, o resultado da avaliação do PI de uma equipe pode variar entre os integrantes em função da participação individual, do domínio dos temas envolvidos no projeto e de outros critérios. As apresentações devem conter a descrição do funcionamento e o desenvolvimento do projeto e deverão ser elaboradas no software LibreOffice Impress ou PowerPoint, porém devem ser convertidos para PDF. O arquivo de apresentação deve ser enviado com uma semana de antecedência para o professor responsável pela disciplina do PI. O tempo máximo para as apresentações será de 10 minutos, mais 5 minutos para as arguições. Durante as apresentações finais, não será permitida a montagem de protótipos ou modificações dos mesmos. O comparecimento a todas as apresentações é requisito obrigatório para a aprovação. Os artigos deverão utilizar o modelo de artigo curto da revista Ilha Digital, no endereço eletrônico: ilhadigital.florianopolis.ifsc.edu.br.

Cronograma

As tarefas devem ser apresentadas de acordo com o cronograma estabelecido na Tabela 3. As tarefas apresentadas em atraso acarretam decréscimo na pontuação.

Tabela 3 - Cronograma do Projeto
Ordem Data Tarefa
1 26/07 Considerações gerais e regras para desenvolvimento de um projeto.
2 02/08 Apresentação do tema e escolha das equipes.
3 09/08 Desenvolvimento do projeto.
4 16/08 Primeira chamada: Apresentação do projeto da Fonte Linear a ser
implementada.
5 23/08 Segunda chamada: Apresentação do projeto da Fonte Linear a ser
implementada.
6 30/08 Desenvolvimento do projeto.
7 06/09 Desenvolvimento do projeto.
8 13/09 Desenvolvimento do projeto.
9 20/09 Primeira chamada: Módulo de Rebaixamento de Tensão, Sistema de
Proteção de Entrada e Sistema de Retificação e Filtragem.
10 27/09 Segunda chamada: Módulo de Rebaixamento de Tensão, Sistema de
Proteção de Entrada e Sistema de Retificação e Filtragem.
11 04/10 Desenvolvimento do projeto.
12 11/10 Primeira chamada: Sistema de Regulação de Tensão.
13 18/10 Segunda chamada: Sistema de Regulação de Tensão.
14 25/10 Desenvolvimento do projeto.
15 01/11 Primeira chamada: Mostradores Gráficos: Sinalização (On/Off) e Nível de tensão.
16 08/11 Segunda chamada: Mostradores Gráficos: Sinalização (On/Off) e Nível de tensão.
17 15/11 Desenvolvimento do projeto.
18 22/11 Primeira chamada: Integração das etapas anteriores e da Estrutura Mecânica e
Sistema de Proteção contra curto-circuito na saída. Entrega da fonte e do artigo.
19 29/11 Segunda chamada: Integração das etapas anteriores e da Estrutura Mecânica e
Sistema de Proteção contra curto-circuito na saída. Entrega da fonte e do artigo.
20 06/12 Apresentação oral e do protótipo em funcionamento. Nota: O início das apresentações
será às 20h30min, a presença de todos é obrigatória e a apresentação não deverá exceder os 10min.
21 13/12 Processo de inspeção de originalidade pelos professores.




Entrega Final do Protótipo e Processo de INSPEÇÃO DE ORIGINALIDADE

Todas as equipes deverão entregar o seu protótipo final até o prazo limite estabelecido pela Tabela 3, respeitando a data e o horário estabelecido. Protótipos entregues fora deste prazo não serão avaliados e estarão previamente desclassificados. Até o horário limite, as equipes deverão entregar e alocar o protótipo final no laboratório designado para o armazenamento dos mesmos, não sendo permitida qualquer alteração ou modificação nos mesmos. A partir de então, adota-se o seguinte procedimento:

  • No horário estabelecido, o laboratório de armazenamento dos protótipos finais será trancado, e é vetado o acesso de qualquer membro da equipe ou pessoas não autorizadas.
  • Os protótipos permanecerão intocados no laboratório de armazenamento, até o horário da apresentação oral e defesa do projeto.
  • No momento da defesa, os membros da equipe serão acompanhados até o laboratório de armazenamento, e poderão retirar o protótipo para leva-lo a sala de apresentação.
  • Após a apresentação e defesa do projeto, os membros da equipe devolverão o protótipo até o laboratório de armazenamento novamente, e o mesmo ficará guardado até o Processo de Inspeção de Originalidade.
  • No processo de Inspeção de Originalidade, os professores avaliadores do PI, irão realizar a inspeção detalhada do protótipo apresentado, e observar todos os aspectos construtivos do mesmo. Nesta etapa, os professores poderão verificar a montagem do PI, e proceder com a abertura do gabinete para a visualização interna do protótipo, a fim de identificar as marcações de cada equipe nas placas de circuito, demais componentes, além de comparar a solução desenvolvida e apresentada em cada equipe. Neste processo, será realizada a comparação de circuitos, componentes e placas de circuito impresso, a fim de identificar eventuais indícios de cópia ou clonagem de partes de circuito, ou em sua totalirdade. Destaca-se que cada equipe deverá apresentar uma solução original para o projeto. A verificação de indicativos de cópia/clonagem parcial ou total de circuitos, componentes, ou montagens acarretará na desclassificação sumária de ambas ou mais equipes envolvidas no processo.

Artigo Curto e o Processo de Revisão PEER REVIEW

Conteúdo
  • Resumo e Abstract
  • Introdução;
  • Materiais e Métodos;
  • Desenvolvimento e Resultados do Projeto
  • Discussão
  • Conclusão;
  • Referências bibliográficas.

O processo denominado PEER REVIEW é um processo de avaliação de artigos submetidos a revistas científicas, que é adotado universalmente para assegurar um padrão de qualidade nos artigos científicos publicados. Uma Revista acadêmica é considerada de padrão aceitável quando adota procedimentos bem definidos e divulgados de peer review e escolhe os revisores entre pesquisadores experientes na área de conhecimento do artigo a ser analisado. Este processo consiste em submeter o artigo a uma comissão revisora, geralmente composta por dois ou mais pesquisadores, que devem opinar pela aceitação integral do artigo proposto, ou pela aceitação mediante alterações, ou pela simples rejeição do artigo. Os Revisores que possuem a tarefa de ler, criticar e emitir seu parecer não ficam conhecendo a identidade do autor do artigo (e vice-versa), daí esse processo chamar-se de BLIND REVIEW (revisão cega). O peer review, ou revisão por pares, é um dos pontos fundamentais da diferenciação de um artigo científico de livros. O livro é a opinião do autor, o artigo é um experimento que passa pelo aval de seus pares (especialistas no assunto) antes de ser aberto ao público.

Procedimento

O primeiro passo do peer review é o envio do artigo para a revista científica de escolha do autor (em nosso projeto, o modelo estabelecido é o preconizado pela revista ilha digital). O artigo é entregue ao editor da revista (representado pelos profs. Orientadores do projeto PI). Em casos de erros grosseiros o editor devolve o artigo imediatamente para o autor. Caso o editor se interesse pelo artigo ele pode enviar o artigo para os revisores. Os revisores são normalmente experts no assunto abordado. Eles comentam o artigo dentro de um prazo regulamentar (ex. 07 dias) e passam suas opiniões ao editor sobre publicar ou não. Com a opinião dos revisores, o editor toma a decisão final de aprová-lo ou devolve-lo para o autor, seja para uma não aceitação definitiva ou para iniciar um processo de correção do mesmo. O processo do peer review é uma das pedras fundamentais da ciência moderna. Ele diferencia revistas científicas de revistas sobre ciência. No Brasil já existem inúmeras revistas cientificas com políticas de peer review e reconhecidas internacionalmente mas os órgãos reguladores de Pesquisa (CNPq,FAPESP.IBICT ) tem feito grande esforço para que seja maior a quantidade de revistas que adotem tais padrões.

Formatação
http://ilhadigital.florianopolis.ifsc.edu.br/index.php/ilhadigital/about/submissions#authorGuidelines

Resultado Final

Matrícula E1 E2 E3 E4 E5 AP Nota Final Situação
171001226-9 0,6 1 0,4 0,4 0 3,2 6 Aprovado
171002772-0 0,6 1 0,4 0,4 0 3,2 6 Aprovado
171000912-8 0,8 1,4 0,9 0,5 0,5 3,3 7 Aprovado
171009108-8 0,8 1,4 0,9 0,5 0,5 3,3 7 Aprovado
171009145-2 1 1,8 0,5 0,5 0,5 3,8 8 Aprovado
171001804-6 1 1,8 0,5 0,5 0,5 3,8 8 Aprovado
171000588-2 0,9 1,4 1 0,1 0,5 3,2 7 Aprovado
171000873-3 0,9 1,4 1 0,1 0,5 3,2 7 Aprovado
171002568-9 0,8 2 0,9 1 1 3,4 9 Aprovado
171008882-6 0,8 2 0,9 1 1 3,4 9 Aprovado
171000720-6 0,9 1,8 0,7 0,5 0,4 0,7 5 Reprovado
171006300-9 0,9 1,8 0,7 0,5 0,4 0,7 5 Reprovado
161001164-3 1 0,8 0,3 0 0 0 2 Reprovado
171001867-4 1 2 0,9 0,8 0,3 3,4 8 Aprovado
171000365-0 1 2 0,9 0,8 0,3 3,4 8 Aprovado
171013715-0 1 2 0,7 0,5 0,5 3,4 8 Aprovado
152005353-3 1 2 0,7 0,5 0,5 3,4 8 Aprovado
171002348-1 0,8 1,2 0,8 0 0 1 4 Reprovado
171004381-4 0,8 1,2 0,8 0 0 1 4 Reprovado
152005117-4 0,9 1,6 0,5 0,5 0 2,5 6 Aprovado
171002153-5 1 2 1 0 0,9 3,8 9 Aprovado
171007132-0 1 2 1 0 0,9 3,8 9 Aprovado
171001957-3 1 1 0,9 0,5 0,5 3,4 7 Aprovado
171001604-3 1 1 0,9 0,5 0,5 3,4 7 Aprovado
171003825-0 0,7 0 0 0 0 0 1 Reprovado
171000967-5 Reprovado
Etapas Peso
E1 - Apresentação do projeto 1
E2 - Rebaixamento e filtragem 2
E3 - Regulação de tensão 1
E4 - Mostradores gráficos 1
E5 - Proteção anti-curto 1
AP - Entrega e apresentação da fonte e artigo 4
Atenção alunos!!!

- Todos os alunos devem retirar suas fontes no almoxarifado de eletroeletrônica ainda essa semana.

- Qualquer dúvida estamos a disposição.

Feliz Natal e Próspero Ano Novo!!!

Prof. Tarcísio
Prof. Douglas A.
Prof. Coutinho



Voltar.png