MPLS-TE na Redes da Eletrosul - Centrais Elétricas S.A.

De MediaWiki do Campus São José
Ir para: navegação, pesquisa

TCC-Ana Luiza Scharf

Autor: Ana Luiza Scharf

Orientador: Marcelo Maia Sobral

Curso: Engenharia de Telecomunicações

Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), São José – SC

analuscharf@gmail.com

RESUMO ESTENDIDO

O presente trabalho é um estudo de caso da rede da Eletrosul - Centrais Elétricas S.A,em que será realizado um laboratório de testes sobre a tecnologia Multiprotocol LabelSwitching(MPLS) com engenharia de tráfego (Traffic Engineering(TE)), MPLS-TE, e oferecer níveis de garantias de serviço (Quality of Service(QoS)) para os diversos tipos de tráfego. O objetivo desse laboratório é verificar se a utilização dessa tecnologia melhora os seguintes aspectos da metro Ethernet da Eletrosul, tais quais: otimizar a operação e manutenção da rede, maior controle dos tipos de tráfegos e aumentar a robustez à falha de enlace.

Uma das principais necessidades é melhorar a robustez de falha de enlace. O MPLS é uma tecnologia de comutação de pacotes através de rótulos (label), que possibilita encontrar caminhos alternativos até o seu destino, caso ocorra falha de enlace. Além disso, é possível combiná-lo com mecanismos de QoS, para classificar e marcar pacotes que transitam pela rede e também fornecer formas de priorização para os diferentes serviços. Por fim, a engenharia de tráfego fornece meios de controlar os tráfegos da rede, a fim de evitar congestionamento e o desperdício dos seus recursos.

O laboratório de testes será implantado na Eletrosul e simulará uma parte da sua topologia para averiguar o funcionamento dessas técnicas. Mais especificamente, por meio dele deve-se verificar se tais técnicas realmente são capazes de melhorar certos aspectos da rede da Eletrosul. Com isso, pode-se avaliar se é vantajoso implementar MPLS-TE com QoS em toda sua infraestrutura

APRESENTAÇÃO DO TCC

A seguir a o link com os seguintes conteúdos:

  • Objeto de estudo:
  • Problema de pesquisa;
  • Objetivo Geral;
  • Objetivo Específico;
  • Estrutura do Marco Teórico;
  • Principais Fontes;
  • Cronograma;
  • Dificuldades;
  • Referências.

Apresentação: proposta do TCC


CRONOGRAMA

Etapas Ago/2016 Set/2016 Out/2016 Nov/2016 Dez/2016 Jan/2017 Fev/2017 Mar/2017 Abr/2017 Maio/2017 Jun/2017
Formulação do tema X
Revisão Bibliográfica I X X X X
Entrega e defesa do TCC I X
Modelagem X X
Implantação X X
Experimentos X X X
Avaliação dos resultados X X
Relato e conclusões X X X X
Revisão da tese X
Entrega e defesa do TCC I X


REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. D. Awduche, J. Malcolm,J. Agogbua, M O’Dell e J. McManus. “RFC 2702: Requirements for Traffic Engineering Over MPLS ”.Setembro 1999

2. D. Awduche, A. Chiu,A. Elwalid, I. Widjaja e X. Xiao. “RFC 3272: Overview and Principles of Internet Traffic Engineering ”. May 2002

3. Muckai K Girish,Bei Zhou e Jian-Qiang Hu, “Formulation of the Traffic Engineering Problems in MPLS Based IP Networks”, pp. 214–219,2000.

4. Ina Minei e Julian Lucek, “MPLS-Enabled Aplications: Emerging Developments and New Tecnologies”, pp. 214–219,2006.

5. E. Rosen, A. Viswanathan e R. Callon, M O’Dell e J. McManus. “RFC 3031: Multiprotocol Label Switching Architecture ”.January 2001

6. Bruce Davie e Yakov Rekhter, “MPLS: Tecnology and Applications”,2000.

7. K. Kompella e Y. Rekhter. “RFC 4206: Label Switched Paths (LSP) Hierarchy with Generalized Multi-Protocol Label Switching (GMPLS) Traffic Engineering (TE)”.Setembro 2005

8.L. Andersson, I. Minei e B. Thomas. “RFC 5036: LDP Specification ”. October 2007

9. Y. Rekhter, T. Li e S. Hares . “RFC 4271: A Border Gateway Protocol 4 (BGP-4) ”. January 2006

10. D. Katz, K. Kompella e D. Yeung. “RFC 3630: Traffic Engineering (TE) Extensions to OSPF Version 2 ”. September 2003

11. S. Kini e W. Lu. “RFC 6138: LDP IGP Synchronization for Broadcast Networks ”. February 2011

12. R. Braden, L. Zhang, S. Berson, S. Herzog e S. Jamin “RFC 2205: Resource ReSerVation Protocol (RSVP)s ”. Septmber 1997

13. D. Awduche, L. Berger, D. Gan, T. Li, V. Srinivasan e G. Swallow “RFC 3209: RSVP-TE: Extensions to RSVP for LSP Tunnels ”. December 2001

14. J. Korhonen, M. Arumaithurai e A. Lior. “RFC 5777: Traffic Classification and Quality of Service (QoS) Attributes for Diameter ”, February 2010

15. R. Braden, D. Clark e S. Shenker . “RFC 1633: Integrated Services in the Internet Architecture: an Overview ”. June 1994

16. F. Le Faucheur, L. Wu, S. Davari, P. Vaananen, R. Krishnan, P. Cheval e J. Heinanen . “RFC 3270: Multi-Protocol Label Switching (MPLS) Support of Differentiated Service ”. May 2002

17. L. Andersson e R. Asat. “RFC 5462: Multiprotocol Label Switching (MPLS) Label Stack Entry: ”EXP”Field Renamed to ”Traffic Class”Field ”. February 200

18. J. Babiarz e F.Baker “RFC 4594: Configuration Guidelines for DiffServ Service Classes”. August 2006

19. F. Le Faucheur e W. Lai “RFC 3564: Requirements for Support of Differentiated Services-aware MPLS Traffic Engineering ”, July 2003

20. J. Heinanen, F. Baker, W. Weiss e J. Wroclawski “RFC 2597: Assured Forwarding PHB Group”. June 1999

21. An Expedited Forwarding PHB (Per-Hop Behavior) “RFC 3246: An Expedited Forwarding PHB (Per-Hop Behavior)”. March 2002

22. Cisco IOS Quality of Service Solutions Configuration Guide, Release 12.2. Disponível em: http: //www.cisco.com/c/en/us/td/docs/ios/122/qos/configuration/guide/fqo