Estudo e realização de testes sobre cloud computing

De MediaWiki do Campus São José
Ir para: navegação, pesquisa

O trabalho de projeto final apresentado neste resumo será realizado pelo aluno Carlos Moisés Araldi Maciel e estará sobre supervisão e orientação dos Professores Evandro Cantú e Ederson Torresini.

Objetivo

Este trabalho tem como objetivo explanar os aspectos técnicos e teóricos sobre a "computação em nuvens" como plataforma de disponibilização de aplicações. Através do referencial teórico será explicado o conceito geral, a história da computação em nuvens, as arquiteturas utilizadas, as topologias e as aplicações, destacando principalmente as vantagens econômicas e de usabilidade, além de destacar os problemas que a computação em nuvens pode ocasionar. Também será realizada uma pesquisa comparativa entre as principais plataformas de mercado.

Em conjunto ao estudo teórico será contruído um cenário real para testar aspectos relativos à performance, à hospedagem de aplicações, às facilidades de administração e recursos de segurança. Também será realizada uma pesquisa comparativa envolvendo a implementação de aplicações em duas diferentes plataformas, sendo uma plataforma um sistema de código aberto e a outra uma plataforma de arquitetura proprietária chamada SmartStyle provida por um servidor disponibilizada pela Instituição.

O trabalho será dividido em três partes. A primeira parte do projeto versará toda a fundamentação teórica relativa à evolução das redes de computadores e da computação em nuvem. A segunda etapa do projeto será efetuada pesquisa sobre as principais plataformas de mercado para implementação de redes baseadas em computação em nuvem. Finalmente, a terceira parte do projeto compreenderá a parte prática, com a instalação das plataformas e a apresentação futura dos resultados.

Resumo estendido

A computação em nuvens ou do inglês "Cloud Computing", trouxe de volta a idéia de "centralização de serviços" de forma remodelada. Surgiu com a evolução tecnológica e da necessidade empresarial de redução de custos. Através de vários datacenter distribuídos, controlado por grandes empresas , disponibilizam-se o hardware sob demanda a aplicações para prover aos clientes uma forma rápida e eficiente de realizar suas tarefas assim como se tivessem seus recursos e aplicações alocados localmente, ou seja, muitos aplicativos, assim como arquivos e outros dados relacionados, não precisam mais estar instalados ou armazenados no computador do usuário ou em um servidor próximo. Este conteúdo passa a ficar disponível nas "nuvens", isto é, na Internet. Esse conceito envolve desde serviço, infra-estrutura e plataforma computacional, utilizado sob demanda pelo cliente, atribuíndo todo o poder computacional para as necessidades da aplicação.

Como os principais benefícios da utilização de uma plataforma com recursos computacionais disponíveis na Internet podemos citar algumas, como a redução de custos, a alta disponibilidade, a elasticidade e a redução de consumo de energia.

Uma plataforma de computação em nuvens pode ser separada por três camadas de serviços distintas, sendo elas:

  • Software como Serviço (SAAS) - onde são distribuídos softwares (aplicações) através da internet na forma de um serviço;
  • Plataforma como Serviço (PAAS) - onde é fornecido pelo provedor um ambiente, junto com um conjunto de ferramentas para o desenvolvimento, disponibilização e controle das aplicações;
  • Infraestrutura como Serviço (IAAS) - é uma modalidade de distribuição que foca permitir ao cliente criar, customizar e remover máquinas virtuais no ambiente computacional em nuvens.

Além destas arquiteturas há provedores de serviços comerciais que possuem uma série de características próprias que variam desde a disponibilização ou não de todas as camadas, as linguagens suportadas e outra formas de serviços, como por exemplo o Windows Azure, Google App Engine e Amazon EC2. Dentre as plataformas open-source de nuvem de computação, destacamos o Hadoop, o OpenCirrus, o Reservoir, o Enomalism e o Eucalyptus, dentre outros, sendo este último um híbrido do tipo IAAS que utiliza uma virtualização dos tipos KVM ou Xen.

Como alternativa de arquitetura proprietária também podemos destacar o SmartStyle da Zenith Infotech Ltd, que provém a entrega de ITAAS (TI como um serviço) aos seus clientes, assim como virtualização de Desktop e armazenamento de dados.

Incluir no texto as referências bibliográficas conforme padrão de referências (AUTOR, data) da ABNT. --Cantu 10h22min de 4 de maio de 2012 (BRT)

Cronograma

Etapas/Mes Maio/2012 Junho/2012 Julho/2012
Pesquisa bibliográfica x x x
Pesquisa sobre computação em nuvem x
Pesquisa sobre as plataformas abertas x
Desenvolvimento do projeto x x

Referẽncias

Thor Olavsrud,CIO/EUA. Disponível em http://cio.uol.com.br/tecnologia/2012/05/03/open-source-e-chave-para-a-inovacao-em-cloud/ .Acessado em 03/05/2012 as 18:35

Francisco Gonçalves - Eucalyptus pioneira em redes privadas de Cloud-Computing para ambientes de Virtualização VMWARE e vSphere. Disponível em http://fgonit.blogspot.com.br/2009/09/eucalyptus-pioneira-em-redes-privadas.html?m=1 .Acessado em 03/05/2012 as 18:45

Ligando a computação em nuvem e o Open Source. Disponível em http://marcosmucheroni.pro.br/blog/?p=1429 .Acessado em 03/05/2012 as 18:45

Jonathan Strickland - Como funciona a computação em nuvem. Disponível em http://informatica.hsw.uol.com.br/computacao-em-nuvem.htm .Acessado em 10/04/2012 as 10:00.

Michael Galpin - Realidades da Computação em Nuvem de Software Livre. Disponível em http://www.ibm.com/developerworks/br/library/os-cloud-realities1/ .Acessado em 12/04/2012 as 12:00.

O que é Cloud Computing (Computação nas Nuvens)?. Disponível em http://www.infowester.com/cloudcomputing.php .Acessado em 12/04/2012 as 12:10.

Seguir as regras da ABNT para as referências.--Cantu 10h23min de 4 de maio de 2012 (BRT)