Curso Superior de Tecnologia em Redes Multimídia e Telefonia

De MediaWiki do Campus São José
Ir para: navegação, pesquisa

O nome do Curso Superior de Tecnologia em Redes Multimídia e Telefonia foi alterado para Curso Superior de Tecnologia em Sistemas de Telecomunicações. A mudança do nome foi aprovada no Conselho Superior do CEFET/SC em XX de XXXX de 2006.

A mudança foi realizada visando enquadrar o curso do CEFET/SC no Catálogo dos Cursos de Graduação em Tecnologia da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC-MEC) publicado em 31 de julho de 2006. Para a escolha do nome havia as seguintes possibilidades:

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS DE TELECOMUNICAÇÕES

CARGA HORÁRIA MÍNIMA: 2400 horas
O Tecnólogo em Sistemas de Telecomunicações atua desde a fonte de informação até o destino, passando pelo processamento - no transmissor e receptor - à transmissão. Assim, esse profissional atua planejando, implantando e operando sistemas de telecomunicações. Processamento da informação, elementos constituintes das redes de telecomunicações e eletrônica, são fundamentais para o desempenho desse profissional, cujo campo de atuação inclui indústrias, empresas do setor de telefonia fixa e móvel, telemática, televisão aberta e por assinatura, Internet, radiodifusão, radiotransmissão, dentre outros.

INFRA-ESTRUTURA RECOMENDADA:
  • Biblioteca incluindo acervo específico e atualizado
  • Laboratório de antenas
  • Laboratório de eletrônica
  • Laboratório de informática com programas específicos
  • Laboratório de redes de computadores
  • Laboratório de sistemas ópticos
  • Laboratório de sistemas telefônicos
  • Laboratório de telecomunicações

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM REDES DE TELECOMUNICAÇÕES

CARGA HORÁRIA MÍNIMA: 2400 horas
O Tecnólogo em Redes de Telecomunicações é o profissional que elabora, implanta e mantém projetos lógicos e físicos de redes de telecomunicações analógicas e digitais, locais e de longa distância. Promove a integração e convergência de diferentes tipos de serviços; avalia o desempenho e compatibilidade das redes de telecomunicações e propõe a solução de problemas, de forma a otimizar sua operação. Projetos de instalações elétricas, realização de testes físicos e lógicos de redes, aplicação de normas de instalações e utilização de instrumentos de medição e segurança também são suas atribuições.

INFRA-ESTRUTURA RECOMENDADA:
  • Biblioteca incluindo acervo específico e atualizado
  • Laboratório de antenas e propagação
  • Laboratório de eletrônica
  • Laboratório de informática com programas específicos
  • Laboratório de redes de computadores
  • Laboratório de sistemas ópticos
  • Laboratório de sistemas telefônicos
  • Laboratório de telecomunicações


CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES

CARGA HORÁRIA MÍNIMA: 2000 horas
O Tecnólogo em Redes de Computadores é o profissional que elabora, implanta, gerencia e mantém projetos lógicos e físicos de redes de computadores locais e de longa distância. Conectividade entre sistemas heterogêneos, diagnóstico e solução de problemas relacionados à comunicação de dados, segurança de redes, avaliação de desempenho, configuração de serviços de rede e de sistema de comunicação de dados são áreas de desempenho desse profissional. Conhecimentos de instalações elétricas, teste físico e lógico de redes, normas de instalações e utilização de instrumentos de medição e segurança são requisitos à atuação desse profissional.

INFRA-ESTRUTURA RECOMENDADA:
  • Biblioteca incluindo acervo específico e atualizado
  • Laboratório de arquitetura de computadores
  • Laboratório de informática com programas específicos e conectados a internet
  • Laboratório de infra-estrutura
  • Laboratório de redes de computadores

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE TELECOMUNICAÇÕES

CARGA HORÁRIA MÍNIMA: 2400 horas
O Tecnólogo em Gestão de Telecomunicações planeja, gerencia e supervisiona serviços de telecomunicações. Pode atuar em companhias operadoras de telefonia fixa e móvel, operadoras de TV aberta e por assinatura, repetidoras de rádio e televisão, indústria de acessórios e componentes de telecomunicações ou em empresas de comercialização. Esse profissional conhece as tecnologias empregadas nos diversos sistemas de telecomunicações, coordena atividades relacionadas à comunicação móvel, comunicação de dados, gerência de redes e serviços, infra-estrutura, entre outras. Além da formação tecnológica na área de telecomunicações, é um profissional com domínio, também, das ciências dos negócios.

INFRA-ESTRUTURA RECOMENDADA:
  • Biblioteca incluindo acervo específico e atualizado
  • Laboratório de eletrônica
  • Laboratório de informática com programas específicos
  • Laboratório de redes de computadores
  • Laboratório de telecomunicações

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM TELEMÁTICA

CARGA HORÁRIA MÍNIMA: 2400 horas
O Tecnólogo em Telemática atua planejando, desenvolvendo, implantando e gerenciando serviços informáticos por meio de redes de telecomunicações. Projetos físicos e lógicos de redes convergentes; monitoramento e controle; desenvolvimento de protocolos e aplicações para comunicação de dados que associem meios de informática e de telecomunicações são possibilidades de atuação desse profissional, cujo campo de atuação inclui empresas de que utilizam essas tecnologias de modo integrado, a exemplo da TV digital.

INFRA-ESTRUTURA RECOMENDADA:
  • Biblioteca incluindo acervo específico e atualizado
  • Laboratório de arquitetura de computadores
  • Laboratório de eletrônica
  • Laboratório de informática com programas específicos e conectados a internet
  • Laboratório de redes de computadores
  • Laboratório de sistemas telefônicos
  • Laboratório de telecomunicações

Links Externos



VOLTAR para o Portal de Telecomunicações