Cabeamento estruturado e redes telefônicas (2017-2)

De MediaWiki do Campus São José
Ir para: navegação, pesquisa

Professor da Disciplina: Juliano de Souza
e-mail: juliano.souza@ifsc.edu.br - Atendimento paralelo:

Material de aula

Projeto de Planta Baixa de Cabeamento Estruturado: Lista de entregas


PLANTA CONTENDO:

  - DISTRIBUIÇÃO DAS TOMADAS DE REDE SEGUINDO RECOMENDAÇÕES DA NORMA;
  - DISTRIBUIÇÃO DO CABEAMENTO PREVENDO QUAL TIPO DE DUTO SERÁ UTILIZADO;
  - LOCAL PARA A SALA DE EQUIPAMENTOS;
  - INDICAR LOCAL DA INSTALAÇÃO DE ENTRADA


- LEGENDA;

- LISTA DE MATERAIS;

- ORÇAMENTO

Vídeos Datacenters
Fabricação de Cabos UTP
Desenhando componentes de cabeamento estruturado

Identificacao01.JPG Identificacao02.JPG PlantaSecundaria.JPG

  • Desenho de tomadas de telecom e cabeamento passando por paredes (embutido) e piso
    • Na representação da tomada o autor utilizou uma figura triangular vazada representando uma tomada que está posicionada a 30cm do piso. No detalhe consta a quantidade de conectores RJ45 naquele ponto e a nomenclatura PT TE N (ponto de telecom e um número sequencial único para todo o projeto)
    • A norma NBR14565:2004 (obsoleta) sugeria:
      • PT é o ponto de telecomunicações
      • XX representa o pavimento onde está instalada a tomada;
      • XXX representa o seqüencial do PT

Cabeamento 01 - cabeamento passando pelo piso e parede.png

  • Desenho de tomadas de telecom e cabeamento passando por paredes e teto
    • Nesta representação há também um armário de telecomunicações (sala de telecomunicações) representada por PC (Painel de Conexões)


Cabeamento 02 - tomadas de telecom - cabeamento passando pelo teto e paredes.png

  • Desenho de calhas e representação de grupos de cabos
  • Neste projeto a nomenclatura utilizada é NxCYU-4P onde N é a quantidade de cabos que está passando naquele ponto e Y é P=Principal (ligação entre distribuidores de piso e de edifício), S=Secundário (cabeamento horizontal) e I=Intermediário (ligação entre distribuidores de campus e edifício). Enfim é N x cabos (C) nível Y tipo U (UTP) - de 4 Pares.


Cabeamento 03 - representação de grupos de cabos e calhas.png

  • Representação de caixa de ligação entre pavimentos (prumada), neste caso a seta descendo significa que este é o andar superior e o cabeamento está descendo para o piso inferior

Cabeamento 04 - caixa de ligação dos pavimentos - prumada - seta descendo na direção do andar inferior.png

  • Representação de caixa de ligação entre pavimentos (prumada), neste caso a seta descendo significa que este é o andar superior e o cabeamento está descendo para o piso inferior

Cabeamento 05 - Sala de equipamentos e rack - chegada da prumada do pavimento superior - seta subindo para representar ligação com andar superior.png

  • Representação de caixa de pontos de CFTV, de cabeamento de TV passando pelo piso.

Cabeamento 06 - CFTV exemplo, cabeamento TV pelo piso e cabeamento estruturado pelo teto.png

  • Imagens obtidas do curso AltoQi Lumine
Passo-a-passo emenda de fibra óptica (fusão)
  • Utilizando a máquina de emenda Swift F1
  1. Preparar máquina de fusão (deve estar energizada e limpa)
  2. Decapar o cabo da fibra (remover a capa externa e outros materiais de proteção, se houver). Em uma das ponta incluir o tubete de proteção da emenda.
  3. Adequar a fibra que será emendada no adaptador deixando cerca de 2cm de sobre de fibra
  4. Ligar a função descascadora (stripper), botão abaixo do RESET. Aguardar o beep que mostra que está aquecida.
  5. Abrir a tampa menor do stripper e depois a maior (que tem a guilhotina e aquecedor), posicionar então o adaptador acomodando a fibra sobre o aquecedor (deve alcançar por volta do 20)
  6. Fechar tampa menor e depois a do aquecedor e aguardar o descascamento
  7. Abrir a tampa menor e remover a fibra, removendo todo o conjunto com o adaptador (não mexer no posicionamento da fibra)
  8. Abrir a tampa do aquecedor, aguardar o carro retornar
  9. Realizar a limpeza do aquecedor e desligar a função stripper
  10. Fechar as tampas do stripper
  11. Abrir a comporta do clivador, posicionar o adaptador e fechar com firmeza realizando o corte
  12. Remover a fibra do clivador e realizar a limpeza com álcool isoprpílico
  13. Posicionar a fibra na câmara de fusão
  14. Repetir o processo com a outra ponta da emenda
  15. Estando posicionada corretamente, pressionar PLAY para a fusão
  16. Sendo bem sucedida, retire a fibra dos adaptadores enquanto está posicionada na câmara para evitar ruptura. Posicione o tubete para proteger a emenda
  17. Posicione a fibra no forno e pressione o botão acima do ESC. Aguarde o beep final.

Material de apoio

Cabeamento

AutoCAD

Diário de aulas CAB - 2017-2

Aula Data Horas Conteúdo Recursos
1 27/7 2 Apresentação da disciplina, plano de ensino. Largura de banda x Taxa de transmissão Laboratório Meios, Informática
2 31/7 2 apresentação do Lab. Meios. Categorias de cabos, ferramentas de inserção, patch panel, RJ45. Prática de inserção. Laboratório Meios, Informática
3 3/8 2 Conceitos básicos de Cabeamento Laboratório Meios, Informática
4 7/8 2 Conceitos básicos de Cabeamento Laboratório Meios, Informática
5 10/8 2 Conceitos básicos de Cabeamento Laboratório Meios, Informática
6 14/8 2 Conceitos básicos de Cabeamento Laboratório Meios, Informática
7 16/8 2 Conceitos básicos de Cabeamento Laboratório Meios, Informática
8 21/8 2 Conceitos básicos de Cabeamento Laboratório Meios, Informática
9 23/8 2 Prática cabeamento Laboratório Meios, Informática
10 28/8 2 Prática cabeamento Laboratório Meios, Informática
11 29/8 2 Prática cabeamento Laboratório Meios, Informática
12 4/9 2 Auto Cad – Planta baixa Laboratório Meios, Informática
13 11/9 2 Auto Cad – Planta baixa Laboratório Meios, Informática
14 13/9 2 Auto Cad – Planta baixa Laboratório Meios, Informática
15 18/9 2 Auto Cad – Planta baixa Laboratório Meios, Informática
16 20/9 2 Auto Cad – Planta baixa Laboratório Meios, Informática
17 25/9 2 Auto Cad – Planta baixa Laboratório Meios, Informática
18 27/9 2 Conceitos sobre planta externa de telefonia Laboratório Meios, Informática
19 2/10 2 Conceitos sobre planta externa de telefonia Laboratório Meios, Informática
20 4/10 2 Conceitos sobre planta externa de telefonia Laboratório Meios, Informática
21 9/10 2 Conceitos sobre planta externa de telefonia Laboratório Meios, Informática
22 11/10 2 Conceitos sobre planta externa de telefonia Laboratório Meios, Informática
23 16/10 4 Conceitos sobre planta externa de telefonia Laboratório Meios, Informática
24 18/10 2 Fibra óptica Laboratório Meios, Informática
25 23/10 2 Fibra óptica Laboratório Meios, Informática
26 25/10 2 Fibra óptica Laboratório Meios, Informática
27 30/10 2 Fibra óptica Laboratório Meios, Informática
28 1/11 2 Fibra óptica Laboratório Meios, Informática
29 6/11 2 Projeto de Planta Baixa Laboratório Meios, Informática
30 8/11 2 Projeto de Planta Baixa Laboratório Meios, Informática
31 13/11 2 Projeto de Planta Baixa Laboratório Meios, Informática
32 20/11 2 Projeto de Planta Baixa Laboratório Meios, Informática
33 22/11 2 Projeto de Planta Baixa Laboratório Meios, Informática
34 27/11 2 Projeto Integrador Laboratório Meios, Informática
35 29/11 2 Projeto Integrador Laboratório Meios, Informática
36 4/12 2 Projeto Integrador Laboratório Meios, Informática
37 6/12 2 Projeto Integrador Laboratório Meios, Informática
38 11/12 2 Projeto Integrador Laboratório Meios, Informática
39 13/12 2 Projeto Integrador Laboratório Meios, Informática
40 /
TOTAL 80