6080721

De MediaWiki do Campus São José
Ir para: navegação, pesquisa
  • Par Trançado
    • Para identificação dos pares trançados dentro dos cabos multipares existe um código de cores (página 44 do texto sobre cabeamento estruturado)
    • Além do código de cores os cabos de pares trançados são fabricados através do agrupamento de grupos de 25 ou supergrupos de 50 ou 100 pares Arquivo:ET923.pdf

04/4 Introdução - tipos de meios - par trançado e código de cores

  • Avaliação: será realizada através da participação nas atividades práticas, através do projeto de cabeamento estruturado e de avaliações sobre as perturbações elétricas, redes telefônicas e redes HFC. Para aprovação o aluno deverá obter no mínimo conceito "C" em todas as avaliações.
  • Tipos de meios utilizados em telecomunicações
    • Par trançado - empregado em redes de telefonia fixa, compondo a rede fixa com maior capilaridade (maior número de domicílios), e no cabeamento estruturado.
    • Cabo coaxial - empregado nas redes de TV a cabo (CATV), na conexão de equipamentos, na interligação entre transmissores e antenas.
    • Fibra óptica - está no coração de todas as redes de telecomunicações (Voz, Imagem e Dados). A tendência é que substitua o par trançado e o cabo coaxial.
    • Guia de onda metálico - empregado para interligar transmissores às antenas em sistemas que operam na faixa entre 1 a 5 GHz aproximadamente.
    • Espaço aberto - empregado nas comunicações sem fio.
  • Independente do meio os cabos que os encapsulam podem diferir em função do ambiente onde serão instalados. Existem cabos para ambientes internos, para instalação aérea, subterrânea ou diretamente enterrada.
  • Par Trançado
    • Para identificação dos pares trançados dentro dos cabos multipares existe um código de cores (página 44 do texto sobre cabeamento estruturado)
    • Além do código de cores os cabos de pares trançados são fabricados através do agrupamento de grupos de 25 ou supergrupos de 50 ou 100 pares Arquivo:ET923.pdf

05/04 Instalação de entrada blocos BLI e IDC

  • Todo estrutura utilizada para conexão da rede externa com o cabeamento estruturado de um edifício faz parte das Instalações de Entrada ou Facilidades de Entrada deste cabeamento. Estão inclusos nessas instalações:
  • eletrodutos (conduintes), caixas de passagem para a instalação subterrânea de cabos.
  • cabos de par trançado, cabo coaxial ou fibra óptica que chegam da rede externa.
  • Antenas, e seus cabos, que recebem sinais de radiotransmissão, bem como a infraestrutura para instalação dos mesmos.
  • Postes e demais elementos estruturais utilizados para a sustentação de cabos que chegam da rede externa
  • Quadros de distribuição ou armários empregados para a conexão dos cabos externos com os cabos do cabeamento estruturado.
  • Blocos de conexão que conectam os cabos externos com os internos.
  • Componentes de proteção contra sobrecorrente e sobretensão.
  • Em alguns casos modens e equipamentos de conversão de sinal (ex: sinal óptico para sinal elétrico).
    • A Instalação de entrada pode ser realiza via aérea, em dutos subterrâneos, diretamente enterrada ou via radiotransmissão.
    • Se for aérea deve obedecer as alturas mínimas do cabo em relação a rua, calçada e entrada de veículos
  • Blocos de Conexão
  • Ao chegar com um cabo da rede externa (rede telefônica) os pares serão conectados em blocos. São encontrados dois tipos de blocos para essas conexões :
    • Blocos BLI (bloco de Linha Interno) - realiza a conexão por enrolamento do condutor. Por deixar um bom comprimento do condutor exposto, facilitando a sua oxidação, esses blocos não são (não devem ser) empregados em novas instalações. Outra desvantagem desse bloco é o maior tempo necessário para realizar uma conexão quando comparado com o bloco IDC.
Bloco BLI.jpg
  • Blocos IDC (Conexão por Deslocamento do Isolante) - realiza a conexão deslocando uma pequena parcela do isolamento do condutor, protegendo-o contra a oxidação. Sua instalação é rápida e o bloco é mais compacto diminuindo a necessidade de espaço nas instalações de entrada.

8/04 Subsistemas e componentes do cabeamento estruturado

11/04 Subsistemas - Categorias - Códigos de linha

12/04 Instalação de entrada e Distribuidores

  • Conexões com o bloco IDC.
  • Proteções elétricas
    • As proteções elétricas devem atuar no caso de sobretensão (centelhador) e sobrecorrente (PTC).

13/04 Códigos de linha e dimensionamento do backbone

23/05 Comportamento da atenuação do sinal na linha de transmissão em função da frequência

* apresentação media:Atenuacao_e_reflexao_2012-2.odp‎