Rede de telefonia colaborativa com VoIP

De MediaWiki do Campus São José
Ir para: navegação, pesquisa


Introdução

A utilização da internet como meio de comunicação de voz vem aumentando e tornando uma opção econômica se comparada à telefonia convencional, principalmente para chamadas de longas distâncias.

A telefonia comutada (PSTN) transmite o áudio em sinal analógico, a tecnologia VoIP (Voice over IP) permite converter esse sinal de áudio analógico em sinal digital que pode ser transmitido através da internet.

O protocolo SIP (Session Initiation Protocol) é o responsável por fazer as sinalizações entre dois usuários durante uma ligação VoIP, é ele quem manda a mensagem para iniciar a chamada, além de informar o codec que cada usuário suporta para que a chamada seja completada. A transmissão de mídia (áudio) é feita através do protocolo RTP (Real Time Protocol).


Por ser utilizada comutação de pacotes na telefonia VoIP, isso faz com que o usuário consiga fazer chamadas via IP e ainda assim, manter a rede livre para fazer outras chamadas, ao contrário da telefonia convencional que utiliza comutação de circuitos, ou seja, só seria possível fazer uma chamada por vez, pois o circuito se mantém ocupado até o final da ligação.

Outra vantagem de ser baseada em comutação de pacotes, é que a telefonia VoIP permite que os pacotes escolham o melhor caminho entre dois pontos, ou seja, sempre terá mais de um caminho disponível, que é uma grande característica da rede IP. É por essa e outras vantagens, que serão abordadas ao longo do trabalho, que a tecnologia VoIP vem crescendo e se desenvolvendo cada vez mais.

Imagine poder fazer chamadas interurbanas e pagar o preço de uma ligação local. Isso seria viável ao ser criada uma rede VoIP, em que usuários podem fazer chamadas para outro estado, de seu PBX para outro soft PBX, e assim, esse PBX encaminharia as chamadas via PSTN, fazendo com que o custo seja somente da ligação local. Porém os usuários terão um crédito limite estipulado, os minutos utilizados no PBX de uma pessoa, lhe permitirá utilizar no PBX de outras pessoas. Para tudo isso ser possível é necessário que os usuários cadastrados compartilhem também seus telefones convencionais.

Com a utilização dos protocolos usados em VoIP e de um software livre, será possível implementar uma rede colaborativa, em que os usuários estarão cadastrados em um banco de dados. Nesse banco serão mantidas as informações de usuários, inclusive seu crédito disponível guardado no contabilizador.

Quando um usuário quiser fazer uma chamada para São Paulo, por exemplo, ele consulta o contabilizador (que além de ter as informações de usuários, funciona também como um proxy SIP). O contabilizadaor encaminha para o PBX de alguém de São Paulo que possua crédito. O PBX do usuário de São Paulo encaminha a chamada via PSTN, e por fim a duração da chamada é contabilizada e mantida dentro do contabilizador.

Objetivo

O objetivo deste trabalho é implantar uma rede VoIP colaborativa para que seus participantes realizem chamadas interurbanas gratuitamente.

Cronograma

TCC-Crono-nicole.png

Referências bibliográficas

Referências