MTM60903

De MediaWiki do Campus São José
Revisão de 12h41min de 11 de novembro de 2016 por Joao.carlos (discussão | contribs)
(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para: navegação, pesquisa

ARTE CABEÇALHO - Integrado RAC.png

Plano de Ensino de 2016.2

Dados gerais
COMPONENTE CURRICULAR: MTM60903 - MATEMÁTICA 3ª fase
CARGA HORÁRIA: 2 HORAS/SEMANA (40 HORAS). TEÓRICA = 40 HORAS. LABORATÓRIO = 0 HORAS
Ementa
  • Análise combinatória e binômio de Newton.
  • Matrizes.
  • Determinantes.
  • Sistemas Lineares.
Bases Tecnológicas
1. Análise combinatória
  • Problemas que envolvem contagem,
  • Princípio Multiplicativo,
  • Fatorial,
  • Permutação Simples
  • Arranjo Simples,
  • Combinação Simples,


2. Binômio de Newton
  • Número Binomial;
  • Desenvolvimento do binômio de Newton;
  • Fórmula do termo geral do binômio;


3. Matrizes, determinantes e sistemas lineares.
  • Matrizes: Definição, representação, tipos de matrizes, matriz transposta, igualdade de matrizes, operações com matrizes e matriz inversa;
  • Determinantes: Estudo dos determinantes, Teorema de Laplace, Regra de Sarrus e Determinante de uma matriz quadrada de ordem n maior que três;
  • Sistemas lineares: Sistema linear 2x2;
  • Sistemas lineares com três equações e três incógnitas;
  • Regra de Cramer;
  • Escalonamento.
Estratégias de ensino utilizadas (Metodologia)
  • Aulas expositivas e dialogadas;
  • Pesquisa individual ou em grupo;
  • Exercícios;
  • Projeto de matemática básica.
Critérios e instrumentos de avaliação
A avaliação será feita através de:
1) observação contínua;
2) participação e frequência nas atividades propostas;
3) da produção de trabalhos – problemas propostos ou relatórios de atividades e pesquisa;
4) trabalhos em grupos;
5) tarefas individuais e provas.
Observação
As avaliações e recuperações serão realizadas no formato de prova escrita. Serão realizadas 3 avaliações regulares ao longo do semestre. Caso o aluno não obtenha nota superior a 6 (seis) em alguma das avaliações, realizará uma avaliação de recuperação obrigatória, no final do semestre, para cada uma dessas avaliações que não obteve nota superior a 6 (seis), com o conteúdo correspondente à mesma. A nota da recuperação substituirá a nota da prova regular que se está recuperando, caso seja maior que a mesma. Em caso contrário, a nota da avaliação regular permanecerá. A nota final do aluno na disciplina será a maior nota obtida nas 3 avaliações depois de devidamente substituídas pelas notas das recuperações. O aluno será considerado aprovado caso obtenha nota superior a 6 (seis) em todas as avaliações regulares ou depois de devidamente substituídas pelas notas das recuperações. Caso contrário será considerado reprovado.
IMPORTANTE:
1) Só realizarão as provas de recuperações os alunos que realizaram as provas regulares e obtiveram nota inferior a 6 (seis).
2) A pontuação das questões de cada prova poderá ser: (0); (0,25); (0,5); (0,75) ou 1,0. A soma das pontuações de cada questão será a nota final de cada avaliação. Caso a nota não seja inteira será utilizado o seguinte critério:
n = nota
x = número inteiro variando de 0 até 10.
  • Caso n seja um número inteiro, a nota na avaliação será n.
  • Caso n não seja um número inteiro, x<n<x+1, então:
    • 1) n=x, se a parte decimal de n for inferior a 0,5.
    • 2) n=x+1, se a parte decimal de n for igual ou superior a 0,5.

Bibliografia do PPCv2015-2

Bibliografia Básica
  1. IEZZI,G., DOLCE,O.,DEGENSZAJN,D., PÉRIGO,R., ALMEIDA,N. Matemática . Ciência e Aplicações. 7ed. São Paulo: Editora Saraiva 2013.
Bibliografia Complementar (títulos, periódicos, etc.).
  1. BARRETO FILHO, B.. Matemática. São Paulo: Ed, FTD, 2000.
  2. BONJORNO, J. R. e GIOVANNI, J. R.. Matemática Completa. Volume 1,2 e 3 . 2ª edição renovada. São Paulo: FTD, 2005.
  3. FILHO, B. B. e Silva, C. X. da. Matemática Aula por aula. Volume 1,2 e 3. 1ª edição. São Paulo: FTD, 2003.
  4. DANTE, L. R.. Matemática. Contexto & Aplicações. Manual do Professor. São Paulo: Ed. Ática, 1999.
  5. GIOVANNI, J.R., BONJORNO, J.R. e GIOVANNI Jr.. Matemática Fundamental: Uma Nova Abordagem. São Paulo: FTD, 2002.
  6. SMOLE, K. S. e KIYUKAWA R.. Matemática. Ensino Médio. São Paulo: Ed. Saraiva 1998.
  7. BEZERRA, MANOEL JAIRO. Curso De Matemática, 26ª edição, São Paulo: Cia Ed. Nacional, 1970.

ANEXOS

Cronograma de atividades
Horário de Aula e Atendimento Paralelo