Mudanças entre as edições de "Elaboração e distribuição de material bilíngue para atendimento de imigrantes haitianos nos postos de saúde de São José"

De MediaWiki do Campus São José
Ir para: navegação, pesquisa
Linha 62: Linha 62:
 
|-
 
|-
 
|[[Arquivo:folder10.jpg|right|middle|thumb|Pediatria Material Bilíngue]]
 
|[[Arquivo:folder10.jpg|right|middle|thumb|Pediatria Material Bilíngue]]
|[[Arquivo:folder11.jpg|right|middle|thumb|Saúde da Mulher Material Bilíngue]]
+
|[[Arquivo:folder11.1.jpg|right|middle|thumb|Saúde da Mulher Material Bilíngue]]
 
|[[Arquivo:folder12.jpg|right|middle|thumb|Saúde da Mulher Material Bilíngue]]
 
|[[Arquivo:folder12.jpg|right|middle|thumb|Saúde da Mulher Material Bilíngue]]
 
|-
 
|-

Edição das 20h25min de 21 de dezembro de 2020

Projeto contemplado com financiamento interno - 2019_PROPPI/PROEX Chamada Interna Campus São José - SJE 2a Chamada 2020


O presente projeto teve como objetivo elaborar material bilíngue (português e creole) para ser utilizado em programas de saúde da família. Sabemos que tanto com a Constituição de 1988 como com a Lei Orgânica de Saúde de 1990, que implementou o Sistema Único de Saúde (SUS), a saúde é um direito garantido e universal no Brasil. Da mesma forma, o Brasil é signatário de diversos tratados internacionais de direitos humanos, fazendo-o um local importante de destino de imigrantes, refugiados e apátridas. O acesso aos serviços de saúde também é um direito garantido a estes sujeitos. Contudo, além de várias questões, este acesso encontra também barreiras linguísticas para se tornar efetivo (RISSON, 2018). Essas barreiras se fazem presentes desde o simples fato de preencher o cadastro inicial para a confecção do Cartão Nacional de Saúde, o qual é necessário para ser atendido no SUS, até na hora do atendimento médico. Assim, facilitar a comunicação entre os usuários do sistema e os profissionais da saúde é o objetivo do produto final deste projeto. Para tanto, criou-se parcerias com a secretaria de saúde bem como com os centros de referência de assistência social (CRAS) de São José para compreendermos quem são esses imigrantes e quais serviços de saúde procuram para elaborarmos um material direcionado às demandas dos migrantes haitianos. 


Compreendemos que a atenção primária em saúde abarca múltiplas áreas do conhecimento, envolvendo, assim, muitos termos e expressões. Por isso, tivemos que identificar quais expressões, doenças, sintomas, prescrições médicas são mais frequentes, elegendo as que foram traduzidas. Esta identificação se deu em parceria com os profissionais dos postos de saúde e da assistência social de São José-SC. Dentro do período desta pesquisa elaboramos material para áreas distintas no atendimento médico: métodos contraceptivos, amamentação, introdução alimentar, violência doméstica, pós-parto, vacinação, emergência e atendimento do SAMU , além da tradução dos documentos para as consultas e confecção do cartão nacional de saúde. Com o auxílio da bolsista, elaboramos o material gráfico para impressão e para meio digital. O material impresso conta com ilustrações, vocábulos e pequenas frases nos dois idiomas e será distribuídos nas unidades básicas de saúde do município e hospitais da cidade. O material digital tem o mesmo conteúdo do material impresso mas tem como objetivo atender os próprios imigrantes haitianos uma vez que este conteúdo poderá ser divulgado via redes sociais e meios de comunicação como o whatsapp. Para a tradução, contratamos uma intérprete com fluência nas duas línguas.


Com quem conversamos para a elaboração do material?


Andreza Inez Bezerra Lentez, Assistente Social. Prefeitura de São José NASF-AB.


Elemar Fachinello Nichele, médico, Hospital Regional do Oeste de Chapecó.


Gabriella Dornelles, Coordenadora do Creas Centro de Referência Especializada em Assistência Social, Secretaria de Assistência Social. Prefeitura de São José.


Kenia Silva da Rosa, nutricionista, Secretaria de Saúde, NASF-AB. Prefeitura de São José.


Tatiana de Andrade Lemos, pediatra, Secretaria de Saúde. Prefeitura de São José.


Vivian da Cas Engelke, pediatra, Secretaria de Saúde. Prefeitura de São José.


Tradução: Madolona Mompremier Declasse e Guishneighdine Clersaint, alunas do IFSC-SJ.


Onde ele está disponível? MediaWiki do IFSC Câmpus São José, aba Projetos de Extensão ou no link: http://bit.ly/2Wih6Nj


Este material é de livre acesso, utilização e reprodução desde que seu formato e os créditos de elaboração sejam mantidos. Além de estar disponível online, foi realizada a impressão de 17 exemplares, distribuídos na rede básica de Saúde de São José.


Qualquer contribuição, entrar em contato: ana.pruner@ifsc.edu.br e sandra.fachinello@ifsc.edu.br

Coordenação: Ana Paula Pruner de Siqueira e Sandra Albuquerque Reis Fachinello.Bolsista: Luana Cristina Farias

Material Bilíngue

 
Capa Material Bilíngue
Introdução Material Bilíngue
Pediatria Material Bilíngue
Pediatria Material Bilíngue
Pediatria Material Bilíngue
Pediatria Material Bilíngue
Pediatria Material Bilíngue
Pediatria Material Bilíngue
Pediatria Material Bilíngue
Pediatria Material Bilíngue
Arquivo:Folder11.1.jpg
Saúde da Mulher Material Bilíngue
Saúde da Mulher Material Bilíngue
Planejamento familiar Material Bilíngue
Planejamento familiar Material Bilíngue
Violência Doméstica Material Bilíngue
Violência Doméstica Material Bilíngue
Emergência Material Bilíngue
Anamnese Material Bilíngue
Vacinação Material Bilíngue
Vacinação Material Bilíngue