Mudanças entre as edições de "Arquiteturas de transceptores de baixo consumo para redes WBAN"

De MediaWiki do Campus São José
Ir para: navegação, pesquisa
Linha 1: Linha 1:
 +
'''Resumo:'''
 +
 +
 
As redes corporais para comunicação sem fio (WBAN) são usadas para monitorar as condições vitais de seres humanos. Os nós sensores podem funcionar na banda de Serviços de Comunicações de Implantes Médicos (MICS), situada entre 402 e 405 MHz. Os transceptores de RF para WBAN devem apresentar baixo consumo elétricos para que a bateria tenha uma vida útil mais prolongada [4].  
 
As redes corporais para comunicação sem fio (WBAN) são usadas para monitorar as condições vitais de seres humanos. Os nós sensores podem funcionar na banda de Serviços de Comunicações de Implantes Médicos (MICS), situada entre 402 e 405 MHz. Os transceptores de RF para WBAN devem apresentar baixo consumo elétricos para que a bateria tenha uma vida útil mais prolongada [4].  
  
Linha 8: Linha 11:
  
  
[1] AYERS, J.; MAYARAM, K.; FIEZ, T. S. An Ultralow-Power Receiver for Wireless Sensor Networks. '''IEEE Journal of Solid-State Circuits''', v. 45, n. 9, p. 1759–1769, set. 2010. ISSN 0018-9200. Disponível em: <https://ieeexplore.ieee.org/document/5556429>.
+
[1] AYERS, J.; MAYARAM, K.; FIEZ, T. S. An Ultralow-Power Receiver for Wireless Sensor Networks. '''IEEE Journal of Solid-State Circuits''', v. 45, n. 9, p. 1759–1769, set. 2010. ISSN 0018-9200. Disponível em: <https: ieeexplore.ieee.org="" document="" 5556429="">.
  
  
Linha 20: Linha 23:
  
  
[5] ZHANG, X., et al. An Energy-Efficient ASIC for Wireless Body Sensor Networks in Medical Applications. '''IEEE Transactions on Biomedical Circuits and Systems''', v. 4, n. 1, p. 11–18, fev. 2010. ISSN 1932-4545. Disponível em: <https: ieeexplore.ieee.org="" document="" 5308310="">.</https:></https:></https:>
+
[5] ZHANG, X., et al. An Energy-Efficient ASIC for Wireless Body Sensor Networks in Medical Applications. '''IEEE Transactions on Biomedical Circuits and Systems''', v. 4, n. 1, p. 11–18, fev. 2010. ISSN 1932-4545. Disponível em: <https: ieeexplore.ieee.org="" document="" 5308310="">.</https:></https:></https:></https:>

Edição das 17h02min de 21 de novembro de 2020

Resumo:


As redes corporais para comunicação sem fio (WBAN) são usadas para monitorar as condições vitais de seres humanos. Os nós sensores podem funcionar na banda de Serviços de Comunicações de Implantes Médicos (MICS), situada entre 402 e 405 MHz. Os transceptores de RF para WBAN devem apresentar baixo consumo elétricos para que a bateria tenha uma vida útil mais prolongada [4].


Com este tema, pretende-se fazer um estudo de circuitos e sistemas que sejam mais adequados para WBAN com vistas à propositura de arquiteturas de transceptores de menor complexidade e maior eficiência energética.


Referências:


[1] AYERS, J.; MAYARAM, K.; FIEZ, T. S. An Ultralow-Power Receiver for Wireless Sensor Networks. IEEE Journal of Solid-State Circuits, v. 45, n. 9, p. 1759–1769, set. 2010. ISSN 0018-9200. Disponível em: <https: ieeexplore.ieee.org="" document="" 5556429="">.


[2] BOHORQUEZ, J. L.; CHANDRAKASAN, A. P.; DAWSON, J. L. A 350 μW CMOS MSK Transmitter and 400 μW OOK Super-Regenerative Receiver for Medical Implant Communications. IEEE Journal of Solid-State Circuits, v. 44, n. 4, p. 1248–1259, abr. 2009. ISSN 0018-9200. Disponível em: <https: ieeexplore.ieee.org="" document="" 4804969="">.


[3] OTIS, B.; CHEE, Y. H.; RABAEY, Y. A 400μW-RX, 1.6mW-TX Super-Regenerative Transceiver for Wireless Sensor Networks. In: Digest of Technical Papers of the IEEE International Solid-State Circuits Conference. IEEE, 2005. v. 1, p. 396–606. ISSN 0193-6530. Disponível em: <https: ieeexplore.ieee.org="" document="" 1494036="">.


[4] SANTOS JÚNIOR, C. C.; SOUSA, F. R. de. Receptor super-regenerativo de baixo consumo para redes corporais. [S. l.: s. n.]. Disponível em: http://tede.ufsc.br/teses/PEEL1591-D.pdf. Acesso em: 21 nov. 2020.


[5] ZHANG, X., et al. An Energy-Efficient ASIC for Wireless Body Sensor Networks in Medical Applications. IEEE Transactions on Biomedical Circuits and Systems, v. 4, n. 1, p. 11–18, fev. 2010. ISSN 1932-4545. Disponível em: <https: ieeexplore.ieee.org="" document="" 5308310="">.</https:></https:></https:></https:>