Modelo de Plano de ensino

De IF-SC São José

Ir para: navegação, pesquisa

Tabela de conteúdo

INE5406 - Sistemas Digitais

Identificação

Objetivo

Geral

Abordar aspectos da implementação física dos sistemas computacionais, complementando os assuntos abordados pela disciplina pré-requisito (EEL 5105 - Circuitos e Técnicas Digitais).

Específicos

  1. Introduzir o modelo clássico de sistema digital (datapath x controle), relacionando-o com a organização de processadores.
  2. Estudar os princípios do projeto de sistemas digitais no nível RT (transferência entre registradores).
  3. Familiarizar o aluno com a descrição de sistemas digitais no nível RT.
  4. Familiarizar o aluno com o uso de uma linguagem de descrição de hardware (HDL) e com o fluxo de projeto de sistemas digitais, visando sua implementação em FPGAs.
  5. Fornecer ao aluno uma visão geral dos elementos envolvidos na exploração do espaço de soluções no projeto de sistemas digitais.

Ementa

Conteúdo Programático

  1. Formas de implementação de sistemas digitais. [3 horas-aula]
    • Soluções masked.
    • Componentes configuráveis (PLDs, SPLDs e FPGAs).
  2. Projeto de unidade lógico-aritmética (ULA). [6 horas-aula]
    • Adição de números sem sinal.
    • Adição de números com sinal.
    • O somador paralelo ripple-carry.
    • O subtrator.
    • Somador-subtrator.
    • Overflow.
    • Funcionamento e características temporais de registradores.
  3. Máquinas seqüenciais síncronas. [21 horas-aula]
    • Sincronismo com sinal de relógio (período, freqüência, escorregamento).
    • Modelos de Moore e de Mealy: estrutura, representações do comportamento (equações de estados e de saídas, tabelas de transição, diagramas de estados).
    • Análise de circuitos seqüenciais síncronos.
    • Minimização e codificação de estados. Exemplos.
    • Mapeamento e alternativas de implementação de máquinas de estado: "hardwired", PLA, ROM e PLD.
    • Estudos de caso: controladores de memória, de interrupção e de DMA.
  4. Projeto de sistemas digitais no nível de transferência entre registradores (RT). [24 horas-aula]
    • Componentes do nível RT.
    • O modelo clássico de sistema Digital: bloco operativo x bloco de controle (datapath x controle).
    • Estudos de caso e exploração do espaço de soluções.
    • Análise de custo x desempenho.
  5. Uso de linguagem de descrição de hardware (HDL). [8 horas-aula]
    • Estudo de caso (VHDL): histórico, construções da linguagem, comandos, processos.
    • Projeto de sistemas digitais com ferramentas computacionais.
    • Descrição de circuitos combinacionais com HDL, síntese e simulação para FPGAs.
  6. Descrição de circuitos seqüenciais com HDL. [12 horas-aula]
    • Síntese para FPGAs e simulação.
    • Estudos de caso.
  7. Descrição de sistemas digitais no nível RT com HDL. [16 horas-aula]
    • Síntese para FPGAs e simulação.
    • Exploração do espaço de soluções.

Metodologia

Instrumentos metodológicos

Pressupostos da metodologia

Avaliação

Instrumentos de avaliação

MP = (LB+2xT)/3

Critérios para aprovação ou reprovação

  1. O aluno que não comparecer a no mínimo 75% das aulas será considerado reprovado por freqüência insuficiente (FI), de acordo com o artigo 73, do Capítulo I, Seção IX do Regimento Geral da UFSC. Neste caso,
    NF = 0,0.
  2. O critério para aprovação ou reprovação dos alunos com freqüência suficiente (FS) baseia-se na média final (MF) assim calculada:
    MF = (P1 + P2 + MP)/3.
  3. Será considerado aprovado o aluno com FS e MF >= 6,0. Neste caso,
    NF = MF.
  4. Será considerado reprovado o aluno com FS e MF < 3. Neste caso,
    NF = MF.
  5. Recuperação: conforme parágrafo 2º do artigo 70 da Resolução 17/CUn/97, o aluno com freqüência suficiente (FS) e média final no semestre (MF) entre 3,0 e 5,5 terá direito a uma nova avaliação ao final do semestre (REC), sendo a nota final (NF) calculada conforme parágrafo 3º do artigo 71 desta resolução, ou seja:
    NF = (MF + REC) / 2.

Cronograma

Bibliografia

Básica

Complementar

FONTE: https://admrede.inf.ufsc.br/interno/modulos/planos/visualizar.php?codigo=117

O que deve constar do plano de ensino

Do plano de ensino das disciplinas, deve constar sua ementa, súmula dos conteúdos e dimensionamento das cargas horárias; a metodologia de ensino, atividades discentes, critérios de avaliação e bibliografia básica e complementar; evidenciar a inter-relação e a integração entre as disciplinas curriculares e a adequação, atualização e relevância das disciplinas e da bibliografia indicada.

O Plano de Ensino, além dos itens referentes a objetivos, conteúdo programático e bibliografia deverá indicar: Metodologia - Consiste na especificação do conjunto das ações a serem desenvolvidas pelo professor e pelos alunos para definir a forma de desenvolvimento do conteúdo programático. Avaliação – Consiste na descrição dos procedimentos que serão empregados com vistas à avaliação do desempenho dos alunos em relação ao proposto pela disciplina. Cronograma – consiste na distribuição do conjunto das aulas e demais atividades, inclusive as de avaliação, pelo tempo disponível.


Os Planos de Ensino das disciplinas dos currículos, respeitadas as especificidades dos regimes anual e semestral, deverão conter no mínimo: objetivo geral da disciplina; pré-requisitos; carga horária em aulas teóricas e/ou práticas e total; ementa da disciplina; conteúdos programáticos; critérios de avaliação; bibliografia (básica e complementar).

Os Planos de Ensino das unidades curriculares, objetivando a consolidação dos conhecimentos, deverão conter, no mínimo: identificação; competências mínimas pretendidas; habilidades; carga horária em aulas teórico/práticas; bases científicas e tecnológicas; metodologia de ensino; mecanismos que propiciarão a interdisciplinaridade; forma, número e critérios de avaliação; referências.

Contendo: ementa, justificativa, objetivos geral e específicos, conteúdo programático com carga horária, metodologia, instrumentos e critérios de avaliação, bibliografia básica e complementar.

Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes
Ações
Navegação
Ensino
Pesquisa
Extensão
Serviços
Imprimir/exportar
Ferramentas